Sexta-feira, 17 de Maio de 2024 Fazer o Login

Primeiro homicídio de 2014 é registrado em Uberlândia

qui, 9 de janeiro de 2014 00:41

Abertura Giro Policial
Um homem de apenas 29 anos foi executado a tiros, na madrugada do último sábado, dia 4, na rua Nestor Brunelli, bairro Luizote de Freitas, zona oeste de Uberlândia.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a vítima estava na porta de casa, quando dois suspeitos numa motocicleta se aproximaram e efetuaram cerca de dez tiros, sendo que um acertou o braço e os outros, as costas e a cabeça.

A vítima Renato Lourenço Soares chegou a ser socorrido para o Pronto Socorro da Universidade Federal de Uberlândia (PS-UFU), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Ainda segundo os militares da 109ª Companhia de PM, os suspeitos fugiram sem deixar pistas.

A vítima de acordo com a PM tinha diversas passagens por envolvimento com o mundo das drogas.

Jovem é morto a tiros no bairro Jardim Brasília

Um jovem de apenas 20 anos foi executado a tiros, na noite da última  segunda-feira, dia 6, na rua Globo, bairro Jardim Brasília, zona norte de Uberlândia.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a vítima Welbert Almeida da Silva estava chegando à porta de casa, quando suspeitos o abordaram e efetuaram diversos disparos. Ao todo, foram cerca de seis tiros contra a vítima, que não teve tempo de reagir.

Ainda segundo os policiais, um carro Fiesta de cor roxa foi visto conduzindo três homens que foram até a casa da vítima antes do crime ser registrado. A principal suspeita da PM é que o assassinato esteja ligado ao envolvimento da vítima com uma mulher de um desafeto de Welbert.

Com este assassinato, a cidade de Uberlândia já contabiliza nos sete primeiros dias do ano de 2014, um total de dois homicídios.

Homem é morto a pauladas e depois
tem o corpo queimado no bairro Canaã

Um homem de 29 anos foi morto a pauladas e depois teve o corpo queimado, no bairro Jardim Canaã, zona oeste de Uberlândia, nesta terça-feira, dia 7.

De acordo com informações dos militares que atenderam a ocorrência, a vítima Neilton Alves dos Santos estava em um bar na noite da última segunda-feira, quando foi surpreendida por quatro suspeitos, que o abordaram e o levaram até uma casa ao lado, onde foi agredido com diversas pauladas.

Não satisfeitos, os criminosos enrolaram a vítima em um tapete e logo em seguida levaram o corpo até uma mata fechada, no final da avenida Jerusalém. No local, atearam fogo e depois fugiram sem deixar pistas.

O corpo só foi encontrado na manhã do dia seguinte, às 13h30, pelo próprio irmão que reconheceu a vítima e chamou a PM.

Ainda de acordo com os policiais, Neilton era usuário de drogas. A motivação do crime brutal pode estar ligada ao uso e tráfico de entorpecentes.

Com este homicídio, a cidade de Uberlândia, já contabiliza três assassinatos em 2014.

Ituiutaba: homem é executado a tiros no bairro Platina

Um homem de 30 anos foi vítima do primeiro homicídio do ano de 2014, em Ituiutaba, no Pontal do Triângulo Mineiro. O crime aconteceu na tarde do dia 5.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a vítima Ranieri Gervásio de Melo chegava em um bar, na avenida Hélio Ribeiro Finhold, no bairro Platina, quando foi atingido por três disparos de arma de fogo.

Ainda de acordo com a PM, a autoria do homicídio segue ignorada.

A vítima possuía passagens por uso de drogas.

Jovem é preso com 12 kg de maconha no Jardim Célia

Por meio de um trabalho de rotina, policiais militares do Tático Móvel, efetuaram a prisão de um jovem de 18 anos, na rua das Rosas, bairro Jardim Célia, zona oeste de Uberlândia, na tarde da última segunda-feira, dia 6.

De acordo com os militares que atenderam a ocorrência, o suspeito estava caminhando pela rua, quando policiais notaram que ele tinha dispensado algo que chamou atenção.

Após a abordagem ao jovem, policiais foram até a casa dele e por meio de buscas não encontraram nada. Mas por meio de uma ligação anônima, no 190, militares foram até uma praça e lá encontraram 12 kg de maconha, 260 gramas de rachiche e 260 gramas de crack, uma balança de precisão, celulares e outros materiais.

Ainda de acordo com a PM, o suspeito não tinha passagem pela polícia.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: