Terça-feira, 23 de Abril de 2024 Fazer o Login

Prefeitura republica edital para a administração da UPA

ter, 18 de outubro de 2022 08:07

Da Redação

Unidade de Pronto Atendimento

A Prefeitura de Araguari, através das secretarias de Administração e de Saúde, republicou no dia 14, no Diário Oficial do município o extrato de edital para selecionar a organização social que irá administrar a UPA.

A Unidade de Pronto Atendimento é uma parte importante da Rede de Atenção às Urgências. O objetivo é agrupar os atendimentos de saúde de média complexidade, compondo uma rede organizada juntamente com a atenção básica, atenção hospitalar, atenção domiciliar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192).

A UPA disponibiliza uma estrutura simples, com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação.

De acordo com as informações que a Secretaria de Saúde divulgou na publicação do edital, em março deste ano, não haverá demissão dos funcionários que trabalham na UPA. O que pode mudar é a gestão da Unidade de Pronto Atendimento.

Para selecionar a organização social vencedora, a Prefeitura de Araguari irá analisar dois critérios básicos, melhor técnica e valores mais acessíveis, por esse motivo, a Missão Sal da Terra poderá ou não continuar gerindo a UPA.

É importante mencionar que, até o dia 31 de outubro de 2022, às 17h, as organizações sociais já qualificadas pelo município deverão manifestar expressamente seu interesse em participar da presente seleção, através de requerimento escrito na modalidade física mediante protocolo ou eletronicamente no e-mail licitacao@araguari.mg.gov.br, dirigido à Comissão Especial de Seleção.

Em julho deste ano, a prefeitura realizou uma coletiva de imprensa para esclarecer dúvidas a respeito processo licitatório que definiu a organização responsável pela gestão da UPA. A Procuradoria Geral do Município informou que foram feitos questionamentos de ordem judicial, onde o município recorreu e ganhou a ação no Tribunal de Justiça, mas também houveram questionamentos de ordem administrativa. Nesse caso, o certame foi suspenso, a prefeitura atendeu todas as determinações do Tribunal de Contas e enviou um comunicado.

Ontem, 17, a reportagem da Gazeta entrou em contato com a secretária de Saúde, Soraya Ribeiro para saber se já foram selecionadas empresas qualificadas para administrar a UPA. “Várias empresas foram qualificadas no município. Todas podem manifestar interesse em concorrer a licitação”, disse.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: