Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Prefeitura realiza abertura do curso Soroban

qui, 14 de setembro de 2023 08:08

Da Redação

O Soroban possibilita ensinar e aprender matemática de forma inclusiva.

No dia 11, a Prefeitura de Araguari, através da Secretaria de Educação, por meio do Núcleo de Apoio à Inclusão, CEMAPE e UNIUBE realizou a abertura do curso Soroban. A ação aconteceu no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, com a possiblidade de ensinar e aprender matemática no Ensino Fundamental de forma inclusiva.

Segundo o Ministério da Educação, o Soroban é um calculador mecânico, manual, retangular, com uma régua em posição horizontal, chamada de régua de numeração, que o divide em duas partes: parte inferior mais larga e parte superior mais estreita.

A régua de numeração é presa horizontalmente às bordas direita e esquerda do Soroban, transpassada por eixos (hastes metálicas), na vertical, que vão da borda superior à borda inferior, onde são fixadas as contas.

Cada eixo contém cinco contas, sendo quatro na parte inferior, em que cada conta representa valor 1 e uma na parte superior, com valor 5. Cada eixo com cinco contas permite a representação dos algarismos de 0 a 9.

Na régua de numeração são encontrados traços e pontos. Os traços são indicativos de separação de classes, ou barra de fração, ou vírgula decimal, ou sinal de índice de potência. Os pontos que ficam sobre os eixos representam as ordens de cada classe.

Conforme a Prefeitura de Araguari, o curso de Soroban acontecerá no Centro Educacional Municipal Mário da Silva Pereira, com carga horária de 30h; está sendo oferecido aos professores do Ensino Fundamental I e II, da rede municipal de ensino; ministrado pelo professor mestrando, Magno de Alcântara Leite e Dra. Sandra Gonçalves Vilas Bôas, da UNIUBE.

Palestraram na abertura, o professor Magno e a professora Luzia Aparecida Neves Nascimento, que falou sobre sua jornada transformadora. A Drª Sandra Gonçalves Vilas Bôas participou como convidada, também compartilhando suas experiências.

Também estiveram no evento: o secretário de Educação, Gilmar Chaves; a coordenadora do NAI, Edinamar Ferreira Reis; a representante da UNIUBE, Dra. Selva Guimarães; Júlio César de Freitas, representando o Departamento Pedagógico da SME; diretoras e vices diretoras das unidades ensino municipais e professoras das salas de AEE.

“O encontro teve como objetivo apresentar e ensinar as técnicas de cálculo no Soroban, das quatro operações com números naturais, utilizando a metodologia de menor valor relativo, propiciando aos participantes melhores condições de atendimento ao aluno com deficiência visual. E possibilitando, através do Soroban a perspectiva da educação inclusiva em aulas de matemática”, disse a prefeitura.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: