Sexta-feira, 17 de Maio de 2024 Fazer o Login

Prefeitura divulga edital para construção da terceira UPA

qui, 23 de janeiro de 2014 00:01

A previsão é que até o fim de 2014 as obras sejam concluídas

De acordo com Gilmar Machado, está sendo preparada a base,  a estrutura da saúde em Uberlândia. Foto: Beto Oliveira/SECOM/PMU

De acordo com Gilmar Machado, está sendo preparada a base,
a estrutura da saúde em Uberlândia. Foto: Beto Oliveira/SECOM/PMU

A Prefeitura de Uberlândia anunciou na manhã de terça-feira (21), o lançamento do edital de licitação para a construção da terceira Unidade de Pronto Atendimento (UPA), próxima à margem do córrego do Óleo e ao lado do Terminal de ônibus do bairro Planalto. Também estão sendo construídas pela Administração Municipal cinco novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) nos bairros Morumbi, Joana D’arc, Jardim Brasília, Canaã e Dom Almir. A construção das UPAs e UBSs equivalem a um investimento de R$ 19,3 milhões.

“Não adianta improvisar na saúde. Estamos preparando a base, a estrutura da saúde em Uberlândia. As UPAs e UBSs vão possibilitar que seja implantado em Uberlândia o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU. Em 2013 e 2014 é o período de reestruturação do sistema, para que o SAMU comece a funcionar em 2015”, declarou o prefeito Gilmar Machado durante entrevista coletiva.

A terceira UPA será erguida em uma área de 1,8 mil metros quadrados. O valor da obra é de R$ 4 milhões, fruto de uma parceria entre Município e Governo Federal. Os envelopes com as propostas das empresas interessadas na licitação serão abertos na segunda quinzena de fevereiro.

Em 2013, foi iniciada a construção de duas UPAs, locadas nos bairros Pacaembu e Novo Mundo. Elas abrangerão as regiões norte e leste, com capacidade para atender 300 mil habitantes cada. Cada UPA conta com 17 leitos de observação e um mínimo de seis médicos plantonistas distribuídos entre pediatras e clínicos gerais.

Já as cinco UBSs, que também devem ser inauguradas ainda este ano, receberam, cada uma, mais de R$ 1 milhão em recursos municipal, estadual e federal. Quatro das novas UBSs são de tipo 3 (mínimo de três equipes de estratégia saúde da família) e uma de tipo 2 (mínimo de duas equipes de atenção básica). As UBSs dispõem de atendimento multiprofissional, ginecologia, consultório odontológico, agentes de saúde, área para coleta de materiais, sala de curativos, apoio epidemiológico, sala de educação e sala de espera.

A Fundasus realizará um concurso público ainda no primeiro semestre de 2014 a fim de atender a necessidade de profissionais para as novas unidades. Outra medida tomada pelo Município é o convênio com a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia. “A Fundasus organizará um concurso público com plano de carreira completo, que dará ao profissional maior estabilidade e possibilidade de crescimento a cada curso realizado. Também assinamos com a UFU, no Programa Mais Médicos, a residência médica, em que os estudantes desde o primeiro ano terão contato com a rede na Atenção Básica à Saúde”, acresceu Gilmar Machado.

Repactuação com Hospital de Clínicas

Um dos temas abordados na coletiva de imprensa foi a repactuação entre a Prefeitura de Uberlândia e o Hospital de Clínicas da UFU, que prevê R$ 880 mil a mais no repasse regular mensal. O novo acordo começa a ser pago no mês de fevereiro.  O aumento se refere ao que efetivamente é gasto pelo município nos encaminhamentos ao Hospital de Clínicas.

COMO FUNCIONAM OS NOVOS EQUIPAMENTOS:

Unidades Básicas de Saúde (UBSs)  
São locais onde a população pode receber atendimentos básicos e gratuitos em Pediatria, Ginecologia, Clínica Geral, Enfermagem e Odontologia. Os principais serviços oferecidos pelas UBS são consultas médicas, inalações, injeções, curativos, vacinas, coleta de exames laboratoriais, tratamento odontológico, encaminhamentos para especialidades e fornecimento de medicação básica.
As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) fazem parte da Política Nacional de Urgência e Emergência, lançada pelo Ministério da Saúde em 2003, estruturando e organizando a rede de urgência e emergência no país, para integrar a atenção às urgências. A atenção primária é constituída pelas unidades básicas de saúde (UBS) e Equipes de Saúde da Família, enquanto o nível intermediário de atenção fica a encargo do SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel as Urgência), das Unidades de Pronto Atendimento (UPA), e o atendimento de média e alta complexidade é feito nos hospitais.

A UBS II abriga, no mínimo, duas equipes de Saúde da Família (UBS Morumbi) e as UBSs III no mínimo, três equipes de Saúde da Família (UBS Dom Almir, UBS Canaã, UBS Jardim Brasília, UBS Joana D’arc).

Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)  
Funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Com isso ajudam a diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais. A UPA inova ao oferecer estrutura simplificada, com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação.

Nas localidades que contam com UPA, 97% dos casos são solucionados na própria unidade. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por 24 horas.

As UPAs fazem parte da Política Nacional de Urgência e Emergência, lançada pelo Ministério da Saúde em 2003, que estrutura e organiza a rede de urgência e emergência no país, com o objetivo de integrar a atenção às urgências.

Todas as UPAs de Uberlândia serão do tipo III, com a seguinte capacidade: 13 a 20 leitos de observação. Capacidade de atender até 450 pacientes por dia. População na área de abrangência de 200 mil a 300 mil habitantes.

Novos empreendimentos:

– UPA Córrego do Óleo
Início da obra: 2014
Investimento (PMU e Governo Federal):
R$ 4.190.242,51
Área: 1.837,64 m²
Endereço: Rua Jamile Calil Attiê com Rua Lúcia Fonseca Attiê

– UPA Novo Mundo
Início da obra: 06/09/2013
Investimento (PMU e Governo Federal):
R$ 3.391.609,12
Área: 1.796,30 m²
Endereço: Avenida San Diego com Rua Colúmbia

– UPA Pacaembu
Início da obra: 06/09/2013
Investimento (PMU e Governo Federal):
R$ 3.382.305,21
Área: 1.837,64 m²
Endereço: Avenida 7 de Setembro com Rua Maria Grossi Raniero

– UBS Morumbi
Início da obra: 09/09/2013
Investimento (PMU e Governo do Estado): R$ 1.118.495,69
Área: 504,22 m²
Endereço: Entre a rua do Moinho e a rua do Espigão

– UBS Joana D’arc
Ordem de Serviço: 18/12/2013
Investimento (PMU e Governo Federal):
R$ 1.192.359,93
Área: 530,16 m²
Endereço: Rua da Esperança

– UBS Jardim Brasília
Início da obra: 09/09/2013
Investimento (PMU e Governo Federal):
R$ 1.121.772,67
Área: 530,16 m²
Endereço: Rua dos Trópicos e Rua H7 e esquina com Rua V-24

– UBS Canaã
Ordem de Serviço: 12/12/2013
Investimento (PMU e Governo Federal):
R$ 1.119.980,00.
Área: 530,16 m²
Endereço: Avenida Jerusalém com rua Mileto

– UBS Dom Almir
Ordem de Serviço: 18/12/2013
Investimento (PMU e Governo Federal):
R$ 1.219.132,58
Área: 530,16 m²
Endereço: Avenida Sirineu com Avenida Azevedo

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: