Domingo, 19 de Maio de 2024 Fazer o Login

Prefeitura avança com recapeamento, assinando Ordem de Serviço para obra na Calimério Pereira de Ávila

ter, 23 de abril de 2024 09:25

Da Redação

O modo de realização do recapeamento depende dos danos na via
Divulgação

A ação do tempo, o clima e principalmente a circulação dos veículos fazem com que o asfalto se desgaste e, por consequência, perca suas propriedades iniciais. Neste cenário, o recapeamento asfáltico é uma alternativa para consertar e eliminar esses problemas, tornando as vias seguras e confortáveis.

O recapeamento pode ter diferentes objetivos, são eles: funcionais, ou seja, com deformações superficiais (o processo é mais simples); estruturais, onde técnicas mais avançadas de recapeamento precisam ser utilizadas.

O modo de realização do recapeamento depende dos danos na via. Problemas superficiais, como, trincas, rachaduras e outros tipos de deformações, somente na primeira camada do pavimento podem ser solucionados com o uso de lama asfáltica, selagem de trincas e fresagem pontuais.

Os problemas estruturais, ou seja, nas camadas mais profundas do pavimento, exigem soluções de recapeamento um pouco mais complexas. Neste caso, a fresagem total, intervenções nas camadas de base e sub-base, reforço do subleito ou ainda reciclagem total da estrutura do pavimento podem ser soluções a serem adotadas para a recuperação do pavimento.

A identificação correta do problema é fundamental, a fim de avaliar qual melhor tipo de interferência a ser realizada para a restauração da estrutura do pavimento e do recapeamento asfáltico.

Pensando em garantir a segurança da população, a Prefeitura de Araguari, através da Secretaria de Infraestrutura, atendendo a um requerimento do vereador Clayton Brazão concluiu o recapeamento asfáltico da rua Lourdes Rodrigues da Cunha, localizada no bairro Novo Horizonte.

Ontem, 22, a reportagem da Gazeta entrou em contato com o secretário de Infraestrutura, Rodrigo Cardoso para saber mais detalhes sobre a obra. Conforme o secretário, foram recapeados 780 metros de comprimento, 5,50 metros de largura, ou seja, 4290 m². A empresa responsável pela obra foi a Paviágil, sendo utilizado o montante de aproximadamente R$ 201.517,17.

Ainda, segundo o chefe da pasta de Infraestrutura, está previsto para que nesta semana seja dada a Ordem de Serviço para o recapeamento da rua Calimério Pereira de Ávila, localizada no bairro Miranda. Além disso, diversas vias dos bairros São Sebastião e Santa Terezinha estão no programa de recapeamento, mas para que isso aconteça a fase de licitação, dentre outras, precisa ser finalizada.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: