Terça-feira, 23 de Abril de 2024 Fazer o Login

População solicita segurança no trânsito nas portas de escolas

qui, 13 de março de 2014 00:22
O tráfego é muito intenso no horários de pico na frente das escolas. Foto: Reprodução/Facebook

O tráfego é muito intenso no horários de pico na frente das escolas. Foto: Reprodução/Facebook

SAMARA ARRUDA – O movimento de veículos nas proximidades das escolas de Araguari, aliado à falta de sinalização adequada expõe alunos ao perigo iminente de atropelamento. Para completar o quadro de risco, no horário da saída dos alunos, rapazes levam seus veículos com som automotivo para se exibirem, em alta velocidade.

Para os moradores, esta é uma atitude corriqueira, mas que merece observação policial. Outro problema é com relação à escola CEM Maria de Fátima O. Morais, no bairro Jóquei Clube. Populares afirmam que diariamente passam vários caminhões carregando animais para o abate, em meio a vans escolares, veículos de passeio e quase 600 crianças que tentam chegar em casa o mais rápido possível.

Para saber o que pode ser feito a respeito deste problema, a reportagem procurou a secretaria de Trânsito e Transportes (SETTRANS). Segundo informou o servidor José Maximino dos Santos, desde segunda-feira, 10, agentes da SETTRANS estão comparecendo às escolas a fim de fiscalizar e orientar pais e educadores.

“Primeiramente estivemos na Escola Estadual Professor Antônio Marques, onde realizamos um trabalho de conscientização. No local também é grande o tráfego de veículos por estar situada na avenida Minas Gerais. Na próxima segunda-feira 17, estaremos também na escola Maria de Fátima, onde recebemos muitas reclamações da população local,” afirmou.

Conforme contou, a mobilização faz parte do projeto Segurança nas Escolas. Além de fiscalizar o trânsito, ações de conscientização à segurança serão promovidas. “Contamos com apoio da comunidade, pois os pais também precisam ensinar seus filhos a trafegar pela faixa de pedestre, além disso, funcionários e educadores devem estacionar seus veículos nos locais permitidos, o que na maioria das vezes, impede o fluxo de veículos e ciclistas,” finalizou.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: