Quarta-feira, 17 de Abril de 2024 Fazer o Login

Os maiores fracassos do futebol brasileiro

qua, 12 de fevereiro de 2014 00:00

Abertura Ficha Técnica
Alexandre Pato custou R$ 42 milhões aos cofres do Corinthians. Resistiu por um ano, correu durante cerca de 2.780 minutos e balançou as redes em 17 oportunidades. Em 1987, Renato Gaúcho, campeão e melhor jogador do campeonato brasileiro, deixou o Flamengo para defender as cores do Roma, na Itália. Disputou 23 jogos, mas passou longe do gol.

A semelhança entre Pato e Gaúcho? Ambos se tornaram refresco diante da sombra dos adversários. Na edição de hoje da coluna “Ficha Técnica”, confira os maiores fracassos do esporte bretão.

Há quatro anos, capa de revista apontava as Promessas para a Copa de 2014

Há quatro anos, capa de revista apontava as Promessas para a Copa de 2014

 

Em 1999, o Roma desembolsou R$ 40 milhões para tirar Fábio Júnior do Cruzeiro, melhor para o clube mineiro

Em 1999, o Roma desembolsou R$ 40 milhões para tirar Fábio Júnior do Cruzeiro, melhor para o clube mineiro

 

Rivaldo chegou como a grande contratação do Cruzeiro em 2004, porém durou sequer o campeonato estadual

Rivaldo chegou como a grande contratação do Cruzeiro em 2004, porém durou sequer o campeonato estadual

 

Keirrison jamais vestiu a camisa do Barcelona, mas balançou os cofres do Palmeiras ao ser vendido por R$ 40 milhões em 2009

Keirrison jamais vestiu a camisa do Barcelona, mas balançou os cofres do Palmeiras ao ser vendido por R$ 40 milhões em 2009

 

*A lista completa você confere na página oficial do Ficha Técnica
.

A ÚLTIMA CHANCE

Felipão anuncia escolhidos do exterior para o último teste antes de convocação da Copa

Felipão anuncia escolhidos do exterior para o último teste antes de convocação da Copa

 

O técnico Luís Felipe Scolari anunciou nesta terça-feira, 11, os últimos selecionados antes da convocação final da Copa do Mundo, no dia 7 de maio. Para o amistoso de 5 de março diante da África do Sul, Felipão divulgou inicialmente os jogadores que atuam no exterior, restando apenas três do futebol nacional. Confira a lista:

  • GOLEIROS: Júlio César (Toronto – Canadá)
  • ZAGUEIROS: Thiago Silva (PSG – França), David Luiz (Chelsea – Inglaterra) e Dante (Bayern de Munique – Alemanha)
  • LATERAIS: Daniel Alves (Barcelona – Espanha), Marcelo (Real Madrid – Espanha) e Rafinha (Bayern de Munique – Alemanha)
  • MEIAS: Luiz Gustavo (Wolfsburg – Alemanha), Fernandinho (Manchester City – Inglaterra), Paulinho (Tottenham – Inglaterra), Ramires (Chelsea – Inglaterra), Oscar (Chelsea – Inglaterra) e Willian (Chelsea – Inglaterra)
  • ATACANTES: Neymar (Barcelona – Espanha), Hulk (Zenit – Rússia) e Bernard (Shakhtar Donetsk)
    .

PANORAMA DA LIBERTADORES

Começou a Taça Libertadores 2014. Essa semana, seis times abrem a participação brasileira na competição. Conheça os preparativos, as ameaças e apostas para as equipes.

ATLÉTICO-MG – Nenhum clube detêm melhores recordações da Libertadores que o Galo em 2014. Campeão da última edição com 29 gols, os mineiros fizeram do primeiro semestre de 2013 o principal ano da equipe. Para defender o título, cair num “grupo da vida” pode aumentar as chances de manter os alvinegros no topo da América.

  • Retrospecto: campeão da Libertadores 2013
  • Time base: Jefferson; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Dátolo (Lucas Cândido); Pierre, Josué, Ronaldinho, Tardelli e Fernandinho; Jô. Técnico: Paulo Autuori
  • Referência: Ronaldinho
  • Ameaça: último semifinalista do torneio, o Santa Fé, da Colômbia, deve ser a principal (leia-se, única) sombra do Galo na primeira fase
  • Palpite: briga pelo título
    .

ATLÉTICO-PR – Encabeçando o Grupo 1 da competição, o Furacão sopra com força por uma vida mais fácil na primeira fase. Para bater equipes como o The Strongest, campeão boliviano e o Vélez Sarsfield, da Argentina, a base da equipe que surpreendeu em 2013 foi mantida e, a expectativa também.

  • Retrospecto: terceiro no Brasileirão e vice-campeão da Copa do Brasil
  • Time base: Weverton; Sueliton, Manoel, Cleberson e Natanael; Deivid, João Paulo e Fran Mérida (Douglas Coutinho); Bruno Mendes (Mosquito), Marcelo e Éderson. Técnico: Miguel Ángel.
  • Referência: Éderson
  • Ameaça: Vélez Sarsfield, último campeão argentino
  • Palpite: morre na praia
    .

BOTAFOGO – Após 18 anos, o Botafogo retorna a Libertadores com um esquadrão distinto daquele que se classificou entre os melhores do Brasileirão. Sem Rafael Marques e Clarence Seedorf, o Glorioso conta com a união dos remanescentes de 2013 e a mistura de peças estrangeiras no elenco principal.

  • Retrospecto: quarto colocado no Brasileirão
  • Time base: Jéfferson; Edilson, Bolívar, Dória e Júlio César; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro e Jorge Wagner; Wallyson e Tanque Ferreyra. Técnico: Eduardo Húngaro.
  • Referência: Lodeiro
  • Ameaça: San Lorenzo, time do Papa Francisco é o atual campeão do primeiro turno argentino
  • Palpite: passa da fase inicial, mas conquista apenas experiência
    .

CRUZEIRO – Avassalador em 2013. Apenas no Brasileirão, foram 77 gols em 38 jogos. O Cruzeiro desembarca na Libertadores como um dos francos favoritos para manter a supremacia mineira na competição. Reforços pontuais e poucas manutenções credenciam o time celeste para a próxima fase.

  • Retrospecto: campeão do Brasileirão
  • Time base: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio (Samudio); Nilton, Lucas Silva, Ricardo Goulart (Júlio Baptista) e Éverton Ribeiro; Borges e Dagoberto. Técnico: Marcelo Oliveira
  • Referência: Éverton Ribeiro
  • Ameaça: campeão nacional em 11 edições, o Universidad de Chile foi semifinalista da Libertadores em 2012
  • Palpite: briga pelo título
    .

FLAMENGO – Em uma das chaves mais delicadas da competição, o Flamengo busca espantar a sombra de 2012, quando foi eliminado ainda na primeira fase. Algoz dos rubro-negros naquela ocasião, o Emelec também integra o Grupo 7. Sem Elias, mas com Elano, os cariocas perdem em marcação, mas ganham em bola parada.

  • Retrospecto: campeão da Copa do Brasil
  • Time base: Felipe; Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Amaral, Muralha, Elano, Éverton e Paulinho; Hernane. Técnico: Jayme de Almeida.
  • Referência: Paulinho
  • Ameaça: León é o atual campeão do primeiro turno mexicano
  • Palpite: fadado à simples coadjuvante, se não fosse o poderio apresentado em 2013 no Maracanã
    .

GRÊMIO – No considerado “grupo da morte”, com seis títulos de Libertadores, o tricolor inicia o caminho rumo ao tricampeonato. Assim como na temporada anterior, o pragmatismo e as bolas paradas devem representar elementos cruciais dos gaúchos nas quatro linhas.

  • Retrospecto: vice-campeão do Brasileirão
  • Time base: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Bressan e Wendell; Edinho, Ramiro, Máxi Rodriguez e Zé Roberto; Kleber e Barcos. Técnico: Enderson Moreira.
  • Referência: Barcos
  • Ameaça: Newell’s Old Boys foi um dos semifinalistas do torneio em 2013
  • Palpite: corre por fora na briga pelo título
    ===========================================================

Acesse: fichatecnicafc.blogspot.com.br

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: