Terça-feira, 23 de Abril de 2024 Fazer o Login

Operação “Todos juntos contra a Dengue” acontece em vários pontos da cidade

qui, 22 de fevereiro de 2024 08:06

Da Redação

 

No dia 19, a Secretaria de Estado de Saúde publicou um Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de dengue, chikungunya e zika. Segundo as informações, até esse dia foram registrados 218.265 casos prováveis (casos notificados fora os descartados) de dengue, sendo que 75.310 casos foram confirmados para a doença. Até o momento, há 19 óbitos confirmados por dengue no estado e 122 estão sendo investigados.

Com relação à chikungunya, foram apontados 25.522 casos prováveis, sendo 16.907 confirmados. Até o momento, quatro óbitos foram confirmados por chikungunya no estado e 14 estão em investigação.

Quanto à zika, foram registrados 22 casos prováveis e um foi confirmado. Não há óbitos confirmados ou investigação por zika em Minas Gerais.

Ainda, conforme a Secretaria de Estado de Saúde, em Araguari, até o dia 19, foram registrados 2093 casos prováveis dengue e 302 de chikungunya. Até o momento, não há nenhum óbito confirmado para essas doenças no município.

Para evitar a disseminação do mosquito Aedes aegypti, no dia 20, as secretarias de Meio Ambiente, de Serviços Urbanos e de Saúde, através do setor de Zoonoses, juntamente com a Defesa Civil, o 53º Batalhão de Polícia Militar e a Polícia de Meio Ambiente realizaram a operação “Todos juntos contra a Dengue”. A finalidade é visitar os locais mais críticos o município, como depósitos irregulares de resíduos.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Guilherme Santana, em um dos locais foram encontrados 500 criadouros de mosquito da dengue. “Todos esses locais tiveram processo administrativo, foram notificados e autuados. Como não aconteceu nenhuma mudança, o poder público realizou essa ação para que seja feita a devida limpeza do ambiente. É bom esclarecer que, o processo administrativo com as notificações e multas continua correndo na prefeitura”, disse.

Essa ação aconteceu, até o momento, em cinco pontos, porém ao todo serão mais de 30 pontos visitados. Os materiais recolhidos encheram mais de 20 caminhões.

“Contra a dengue todas as forças devem ser somadas, como aconteceu nesta operação. Em nome da Secretaria de Meio Ambiente, nos colocamos à disposição da população para diversas demandas, dentre elas, a fiscalização ambiental. Nós vamos continuar esse ato tão importante, que além de proteger o meio ambiente, protege a saúde da população”, finalizou Guilherme Santana.

1 Comentário

  1. Eliane disse:

    A Dengue que mata é a hemorrágica e o perigo maior é para quem já contraiu uma vez e está contraindo pela Segunda vez ou Terceira porque a pessoa está com uma quantidade exacerbada do vírus no organismo.

Deixe seu comentário: