Segunda-feira, 20 de Maio de 2024 Fazer o Login

Oficina de construção de requerimentos é promovida pelo projeto Câmara Jovem

qua, 11 de outubro de 2023 08:06

Da Redação

Através do projeto, os jovens adquirem conhecimentos sobre o processo legislativo, o trabalho em grupo e a tomada de decisões
Divulgação

No dia 9, a Escola do Legislativo Vereadora Virgínia Alcântara promoveu uma oficina de construção de requerimentos para os parlamentares da Câmara Jovem. O encontro teve o intuito de mostrar para os novos vereadores como funciona uma sessão ordinária e como um requerimento é elaborado.

É bom ressaltar que, o projeto Câmara Jovem é oriundo de um requerimento apresentado pelo vereador Giulliano Tibá (PSB), com o apoio do presidente do Poder Legislativo, Rodrigo Piracaíba (Patriota). A finalidade é possibilitar aos estudantes a vivência do processo democrático, mediante a participação em uma jornada parlamentar completa, promovendo o protagonismo dos jovens na política, além de sua formação política e cidadã; pois ao vivenciarem o cotidiano de um vereador, os jovens adquirem conhecimentos sobre o processo legislativo, o trabalho em grupo e a tomada de decisões, além de desenvolverem habilidades como a oratória, negociação e liderança.

Essa experiência possibilita aos jovens uma visão mais ampla sobre o papel do Poder Legislativo na sociedade e os desafios enfrentados pelos representantes políticos. Além disso, eles têm a oportunidade de se engajar em causas sociais, promover a participação da juventude nas discussões políticas e cooperar para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o bem-estar da comunidade.

De acordo com o jovem vereador Emmanuel Carvalho, da Escola Estadual Madre Maria Blandina (Polivalente) é uma sensação única poder participar do projeto. “Eu me sinto privilegiado por participar da primeira Câmara Jovem de Araguari, espero cumprir o meu mandato com qualidade e excelência, tentando suprir as necessidades da nossa população”, disse.

“Hoje nós tivemos o primeiro grupo de estudos para elaboração de requerimentos. No próximo dia 30, eles realizarão a primeira sessão ordinária e poderão apresentar suas demandas. Com esse trabalho, esperamos auxiliar a comunidade com os pedidos que chegam dos bairros por meio dos alunos, e isso é muito gratificante, afinal, a Câmara estará ligada a todos os locais dessa cidade”, explicou o coordenador da Escola do Legislativo, Nassim Guerra.

 

Ontem, 10, a reportagem da Gazeta conversou com Nassim Guerra para saber mais detalhes sobre a oficina. “Na sessão do dia 30 haverá a apresentação de requerimentos e alguns estudantes farão o uso da tribuna. Esses requerimentos serão repassados para vereadores para que, posteriormente, essas solicitações possam ser repassadas para o Poder Executivo. Ressalta-se que, esses estudantes têm entre 15 e 17 anos de idade”, esclareceu.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: