Domingo, 16 de Junho de 2024 Fazer o Login

Obras de duplicação na LMG-748 seguem em ritmo acelerado

sex, 11 de julho de 2014 00:14
Duplicação da LMG-748, o fim da espera do município pela melhoria do trecho. Foto: Gazeta do Triângulo

Duplicação da LMG-748, o fim da espera do município pela melhoria do trecho. Foto: Gazeta do Triângulo

DA REDAÇÃO – Importante passo para o fortalecimento do Distrito Industrial, a duplicação da LMG-78 estava entre um dos serviços mais importantes quando o assunto é a revitalização das estradas que cortam o município. O trecho de quatro quilômetros que liga as BRs 050 a 365 estava em péssimas condições. Por se tratar de uma área de responsabilidade do estado, impossibilitava intervenções do município.

O secretário de Obras, Odon Naves, esteve no local dia 3, quinta-feira. Por se tratar de uma obra estadual, ele explica que a prefeitura não consegue estabelecer um contato constante, mas informou que pretende se reunir com o chefe do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Antônio Brito. “Queremos acertar uma reunião para discutir questões relacionadas ao serviço, expectativa de término,” contou.

O serviço segue em ritmo acelerado e segundo ele, a drenagem e o sistema de canalização foram projetados levando em conta um crescimento futuro do Distrito Industrial. “Mesmo que a região venha a se expandir, com a instalação de novas empresas, o sistema terá um suporte adequado,” ressaltou.

A duplicação faz parte do programa estadual Caminho de Minas. Em 2013, o então vice-governador Alberto Pinto Coelho (PP), hoje governador em exercício de Minas, anunciou que o projeto fora aprovado pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER).

Na ocasião, Alberto Pinto Coelho mencionou o prazo de 540 dias para a conclusão dos trabalhos. O atraso do início das obras fez com que o prefeito Raul Belém (PP) fosse em abril deste ano para Belo Horizonte, trazendo a resposta de que o serviço seria iniciado em breve pela vencedora da licitação, a KM Engenharia e Equipamentos LTDA.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: