Segunda-feira, 20 de Maio de 2024 Fazer o Login

Nova pesquisa de preços dos combustíveis é pelo Procon em Araguari

ter, 19 de setembro de 2023 08:06

Da Redação

Pesquisa realizada pelo Procon Araguari, divulgada em 15 de setembro.

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor, representando pelo Procon/Araguari divulgou na última sexta-feira, 15, uma pesquisa de preços dos combustíveis. E pelos preços praticados, com o último aumento no mês passado, o consumidor não tem muito o que escolher, já que a diferença no valor cobrado pelo litro do etanol, gasolina e diesel é de poucos centavos.

Em relação à gasolina, que o combustível mais usado pelos consumidores araguarinos, o menor preço praticado na cidade é de R$ 5,54, no produto comum. A aditivada também pode ser encontrada pelo mesmo valor.

Com relação ao etanol, o menor preço encontrado é de R$ 3,49. E o diesel, que vem sendo o grande vilão dos combustíveis, pode ser encontrado, em Araguari, com valor mínimo de R$ 5,85 no produto comum. Já no diesel S10, o menor preço praticado é de R$ 6,14.

O que chama atenção, novamente, na pesquisa, é que os postos denominados ‘bandeira branca’, conseguem promover a venda com o preço menor do que os postos que revendem para empresas conhecidas no mercado nacional.

Existem consumidores que preferem abastecer seus veículos em postos com bandeira, mesmo pagando valores maiores. Já outros, optam pelo menor preço.

A reportagem percorreu por alguns postos da cidade, e em um deles conversou com o Carlos Augusto Ferreira, aposentado que também é um dos milhares de consumidores araguarinos. “Olha não dá para ficar escolhendo muito onde abastecer não, já que os valores praticados não dão muitas opções. Existem pessoas que sempre abastecem com combustível de marca e com certeza esses proprietários de veículos tendem a pagar um pouco mais. O combustível no Brasil é muito caro”, destacou.

Como forma de estar pesquisando os preços, a Gazeta do Triângulo traz, nesta edição, levantamento completo feito pelo Proncon.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: