Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

#não tenha medo de ser vulnerável, por Juliano Fabricio

qui, 13 de março de 2014 14:23

juliano fabricioJuliano Fabricio

Estou lutando… E qual é a luta???

Eu tenho um problema com a vulnerabilidade.

Eu sei que vulnerabilidade é o centro da vergonha, do medo e da nossa luta por merecimento.

MAS

Parece que também é a origem da alegria, da criatividade, do pertencimento e do amor.

Será que eu tenho um problema e preciso de ajuda???

Porém, estou chegando à conclusão que isso não é bom, nem mal. É apenas a vida como ela é.

Sabe pessoas que tem a capacidade total de se renderem e se entregarem a vulnerabilidade…

As primeiras respostas que veem a minha mente são:
A: isso não sou eu.
B: eu não conheço gente assim.

O que é vulnerabilidade afinal?  É você se abrir de verdade, principalmente para o que você tem medo. É dar a cara a tapa. Você se colocar em uma situação em que você pode não gostar do que vem pela frente, mas você não se culpará ou se arrependerá depois por causa do medo, você terá a coragem de dizer: “To morrendo de medo, mas quer saber, vou até o fim?”

Eu me sinto vulnerável o tempo inteiro, principalmente depois do nascimento dos meus filhos. E como disse: isso não é bom, nem mal!

Enfim…Cada vez que eu sinto medo, eu penso nas palavras do meu mestre:

“Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”. João 16:33

… ai então eu me encho de coragem.

Tudo na vida dá medo, agora mesmo, na minha cabeça de pai neurótico acabei de pensar em uma fração de segundos “Eles estão crescendo e daqui a pouco não estarão mais aqui, enfim coisa de gente que se permite ser vulnerável.

E isso vale pra tudo na vida:

· Ter coragem de entrar em uma reunião de trabalho, aquelas que você sabe que serão pesadas

· Ter coragem de se matricular em algo… E quem sabe ser negado ou reprovado

· Ter coragem de colocar seu bebê na escola, dar tchau e sair porta afora

· Ter coragem de se declarar a alguém… Ou ligar primeiro (isso já venci)

· Ter coragem de escrever um blog e dar sua cara a tapa

· Ter coragem de ter 3 filhos, mesmo o mundo te achando um louco

· Ter coragem de ligar para alguém que você conhece que acabou de perder alguém

· Ter coragem de dizer eu te amo, mesmo que isso a princípio dê ânsias de vômito.

Lembrando que o poder de DEUS se aperfeiçoa em uma certa vulnerabilidade.
blog

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: