Domingo, 19 de Maio de 2024 Fazer o Login

Ministro do Tribunal de Contas da União, Professor Antônio Anastasia, ministra aula para alunos do curso de Direito do Centro Universitário IMEPAC.

qui, 10 de agosto de 2023 08:08

Da Redação

 

O momento revolucionou o campo pedagógico e atraiu os olhares dos presentes.

 

Os alunos do curso de Direito do Centro Universitário IMEPAC foram contemplados com uma aula exclusiva, ministrada pelo Exmo. Sr. Ministro do Tribunal de Contas da União, Antônio Anastasia, que abordou o tema “Segurança Jurídica no Brasil”. O encontro aconteceu no salão do espaço Garden e reuniu diversas autoridades políticas, jurídicas e de segurança pública da região. Os futuros advogados presentes ficaram encantados com o notório saber apresentado pelo professor que é referência nacional no cenário jurídico.

 

É fato a notoriedade do Ministro Anastasia, ele é jurista, professor, político e atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Também foi senador, vice-governador e governador de Minas, bem como Ministro do Trabalho. É graduado e mestre em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, onde obteve o título de Mestre em Direito Administrativo, defendendo uma dissertação sobre o Regime Jurídico Único, que versava sobre os servidores na Administração Pública.

Ministro do Tribunal de Contas da União, Professor Antônio Anastasia

 

Diante desse currículo exemplar, ao qual se agrega experiências na vida pública e jurídica, o Exmo Sr. Anastasia deu um show ao ministrar a aula e despertou o interesse de todos os que estavam presentes, uma vez que o assunto diz respeito à forma como o estado age diante dos direitos fundamentais dos cidadãos. Logo, essa explanação fará uma diferença na construção da carreira dos futuros advogados presentes.

 

A saber, a segurança jurídica é o princípio segundo o qual o estado deve agir como garantidor dos direitos fundamentais dos cidadãos. Isso significa que, por meio de um ordenamento jurídico sólido, haverá a previsibilidade e estabilidade das relações. Esse conceito foi muito explorado na fala do ministro.

 

Sob esse aspecto Anastasia relata: “Esse é um dos temas mais importantes que temos em discussão na sociedade brasileira, ele não envolve somente as questões jurídicas, mas também econômicas, sociais e culturais. O objetivo é estimular o aluno do curso de Direito a reconhecer a importância de enriquecer a segurança jurídica do nosso país, fato esse que tem sido uma bandeira não só minha, mas de um grande número de pessoas que militam no setor público.”

 

Em se tratando de estímulos durante a graduação, Larissa Santana, que está no 7°período do curso de Direito, afirma que a aula ministrada por Anastasia vai agregar no seu futuro profissional e trará reflexos positivos para a carreira jurídica. Esse olhar particular de estudantes é um estímulo enriquecedor e corrobora a importância de sempre trazer diferentes temáticas do campo jurídico com distintas vozes. Portanto, essa iniciativa tem grande valia na matriz curricular.

 

Além dessa aula dinâmica, o curso de Direito do IMEPAC possui uma estrutura impecável, com docentes capacitados, aulas práticas e estágios supervisionados. Diante desse contexto, destaca-se o Núcleo de Práticas Jurídicas, que dá acesso à justiça gratuita para a população vulnerável, em uma estrutura completa e aconchegante, assim sendo, todos os alunos têm contato e atuam nas fases dos processos legais, onde são realizados inúmeros atendimentos semanais.

 

Ao classificar a aula como um sucesso total, o Coordenador do curso de Direito manifestou o seu entusiasmo com a contratação do Ministro Anastasia, fato que coloca o Centro Universitário IMEPAC em destaque como uma das principais referências pedagógicas no âmbito do Direito. Esse fato representa uma oportunidade inigualável, assim afirma o Senhor Marco Aurélio. Além do mais, a intenção dessa proposta pedagógica, tendo em vista a capacitação dos profissionais para atuar no mercado de trabalho de forma sistêmica, isto é, considerando as ramificações legais, econômicas, sociais, ambientais e culturais.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: