Domingo, 21 de Abril de 2024 Fazer o Login

Mais uma vítima com anel preso no dedo é socorrida pelos bombeiros

qui, 20 de julho de 2023 08:00

Da Redação

Vítima se dirigiu ao quartel do Corpo de Bombeiros
** Corpo de Bombeiros Militar

Na manhã da última terça-feira, 18, uma senhora de 55 anos se deslocou ao quartel da 2ª Companhia de Bombeiros Militar, em Araguari, com um problema bastante comum, mas que exige habilidade para ser solucionado. Um anel havia ficado preso em seu dedo, causando desconforto e inchaço significativo. Foi usada, então, a técnica do fio encerado.

 

Segundo os militares, trata-se de uma alternativa segura e eficaz para remover anéis presos, especialmente quando o dedo está inchado ou estrangulado, permitindo que o acessório seja retirado sem causar danos adicionais ao dedo ou ao objeto.

 

Como funciona a técnica do fio encerado? “O militar cuidadosamente deslizou um pedaço de fio encerado sob o anel, empurrando-o suavemente em direção à base do dedo. Em seguida, o fio foi delicadamente enrolado ao redor do dedo, começando na base do anel e indo em direção à ponta do dedo. Essa ação teve o efeito de comprimir suavemente o inchaço e liberar a pressão causada pelo anel”.

 

A Companhia explicou que a técnica do fio encerado deve ser realizada com precisão e cautela. “Sempre recomendamos que, em casos como esse, seja buscada assistência profissional para garantir um resultado seguro e eficaz”.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: