Domingo, 21 de Abril de 2024 Fazer o Login

Falta de CEP em residenciais e iluminação pública são discutidas em audiência

qui, 30 de janeiro de 2014 00:00

SAMARA ARRUDA –

Os residencias do ‘Minha Casa Minha Vida’ tem enfrentado transtornos diariamente com a falta do Código de Endereçamento Postal. Foto: Arquivo

Os residencias do ‘Minha Casa Minha Vida’ tem enfrentado transtornos diariamente com a falta do Código de Endereçamento Postal. Foto: Arquivo

Há quase quatro anos, os primeiros empreendimentos do programa do Governo Federal Minha Casa Minha Vida foram entregues à população de Araguari. Entretanto, o sonho da casa própria contrasta com a situação atual das famílias.

Um dos transtornos enfrentados diariamente é a falta do Código de Endereçamento Postal (CEP) nas vias dos residenciais, o que impede a entrega de correspondências e boletos bancários às famílias beneficiadas pelo programa.

Na tentativa de solucionar a situação, uma audiência pública foi marcada com o procurador da República Cleber Eustáquio. A reunião acontece na próxima segunda-feira, 3, às 15h no Ministério Público Federal, em Uberlândia.

Durante a reunião conduzida pelo vereador Wesley Lucas de Mendonça (PPS) serão tratados assuntos como a ineficiência de serviços prestados e obras não concluídas na esfera do Governo Federal. “Uma comitiva de vereadores estará com o procurador a fim de resolver a entrega de correspondências nos bairros de Araguari. Segundo informou a agência dos Correios, há falta de mão de obra para fazer o serviço, então este será o nosso pedido: que sejam realizados concursos públicos, ou até mesmo a contratação de funcionários imediatamente para atender à demanda que vem crescendo em nossa cidade,” explicou.

Segundo ele, a situação precisa ser resolvida o quanto antes. Quanto ao projeto de cadastramento das vias públicas de Araguari, o vereador ressaltou que foi concluído e repassado para a agência dos Correios.

Outro assunto a ser discutido é a falta de iluminação em trevos e viadutos que cortam Araguari, através da BR-050. “O projeto de iluminação deveria estar junto com as ações de pavimentação da via, pois constitui um problema de segurança pública. Os canteiros de obras foram entregues e até hoje nada foi feito para resolver esta situação,” ponderou o vereador que afirmou ainda a falta do retorno por parte do DNIT aos questionamentos do poder Legislativo de Araguari.

Ele ressaltou ainda que outros vereadores como Levi de Almeida Siqueira (PMDB); Cezar Batista de Oliveira (SDD) e Lúcio Flávio Rodrigues da Cunha (PSL) apresentaram requerimento ao DNIT a fim de pedir esclarecimentos, mas a situação permanece.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: