Terça-feira, 09 de Julho de 2024 Fazer o Login

Estudos prevêem soluções para excesso de alagamentos

qui, 13 de março de 2014 01:53
Chuvas provocam inundações em via de acesso à escola. Foto: Reprodução/Facebook

Chuvas provocam inundações em via de acesso à escola. Foto: Reprodução/Facebook

DA REDAÇÃO – Os diversos transtornos enfrentados por moradores em períodos chuvosos surtiram efeito em Araguari. Após problemas recorrentes de alagamentos nas vias públicas, a secretaria de Obras inicia uma série de estudos a fim de conter as deficiências no município.

De acordo com o titular da pasta, a concretização da iniciativa depende de um trabalho detalhado, difundido nos principais pontos prejudicados pelas chuvas. Em entrevista ao Jornal Gazeta do Triângulo, Odon de Queiroz Naves adiantou os procedimentos.

“Promovemos a limpeza dos bolsões, avaliamos a dimensão das bocas de lobo, manilhas e outras estruturas para apresentar as devidas soluções aos problemas. Precisamos do estudo detalhado para elaborar o projeto e buscarmos os recursos necessários. O período de chuvas é importante para identificarmos os pontos mais delicados. Nesse sentido, a participação da população é fundamental”, alertou o secretário.

Recentemente, diversas casas foram castigadas por inundações em ruas dos bairros Maria Eugênia e Aeroporto. A situação levantou a indignação dos moradores, que cobraram medidas contundentes ao Executivo.

Na última semana, a chuva chegou a causar transtornos aos membros do Centro Educacional Municipal Maria de Fátima Oliveira Morais. As dificuldades foram intensificadas com as obras em um condomínio nas imediações. Ainda assim, após contato com os funcionários da instituição, os mesmos garantiram a regularização do problema. Para Odon Naves, a expectativa é que os estudos alcancem um saldo positivo conquistado em longo prazo.

“O levantamento abrange grande parte do município, principalmente onde o volume de água é mais intenso, desde o bairro Independência até a Esplanada da Goiás. Será um estudo promovido detalhadamente para que o resultado seja colhido ao longo do mandato. Posteriormente, será contratado um engenheiro para acompanhar de perto o processo, pois exige uma equipe técnica especializada no serviço”, explicou.

Conforme apurou a reportagem, o município conta com duas grelhas instaladas nos principais pontos de escoamento. No entanto, as estruturas, situadas nas proximidades da secretaria de Educação e do Ginásio Poliesportivo “General Mário Brum Negreiros”, podem não conter totalmente o avanço da água. De conhecimento do serviço de Obras, a situação também é avaliada.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: