Domingo, 19 de Maio de 2024 Fazer o Login

Em Resumo – Soluções

qua, 5 de fevereiro de 2014 00:08

Abertura Em Resumo
SOLUÇÕES
Acredito que algumas discussões geradas na política local não levem a nada. Precisamos de mais ação e menos enrolação. Enquanto “ouve-se” brigas nos meios de comunicação, a população que necessita de diversos serviços do município/estado continua verdadeiramente abandonada. Saúde, infraestrutura, saneamento básico, educação, entre outras precisam ser desenvolvidas com mais responsabilidade pelos nossos governantes, esquecendo assim picuinhas de rivais políticos e pensando sempre no bem-estar da população. A política tem como objetivo a ordem pública e a defesa do território nacional e o bem social da população, pois através da política se constrói a vida da população. E tenho dito…

NOVIDADE
A Polícia Militar de Minas Gerais adota novo fardamento para os Policiais da atividade de Meio Ambiente, implantando no novo uniforme o estilo camuflado, tendo a cor verde predominante. Além disso, as viaturas também serão caracterizadas com uma faixa verde e a inscrição “Meio Ambiente”, destacando a sua função de preservar a natureza em Minas Gerais. A mudança do uniforme faz parte de uma “política de investimento sólido em equipamentos, viaturas, armamentos e outros que contribuem para proporcionar ao policial militar ambiental de Minas Gerais, condições plenas e adequadas para a prevenção e repressão ao crime, além de proporcionar maior conforto aos militares. Neste sentido, o novo uniforme constitui-se em importante aliado na busca de bons resultados operacionais”, bem como proporciona à Polícia de Meio Ambiente uma identidade visual distinta das demais atividades da Polícia Militar. A nova farda que passa a ser usada neste mês de fevereiro foi recebida com simpatia pela população, confirmando a necessidade da Polícia de Meio Ambiente ter sua própria identidade visual, o que agora consegue através deste novo fardamento. O trabalho prestado pela PM de Meio Ambiente não sofreu alterações e vai continuar sendo feito com o mesmo empenho e dedicação no sentido de combater os crimes ambientais, bem como o crime organizado.

AÇÃO
No próximo sábado, 8, a partir das 9h, no estacionamento do Varejão Mais Você – situado na avenida Melo Viana, 364 – bairro Goiás – acontece a Feira de Doação de Filhotes, numa parceria entre a Aproama, Varejão Mais Você, Nestlé/Purina e Jornal Gazeta do Triângulo. Esta ação faz parte de um projeto que se estende por várias cidades do interior mineiro visando o resgate e o bem estar de cães e gatos abandonados. Juntamente com a adoção haverá a distribuição de brindes e amostras. Compareça, pois é uma oportunidade de encontrar seu melhor amigo. Se você tem seu animal de estimação, aproveite a ocasião para tirar dúvidas, receber orientações e conversar com veterinários a respeito da saúde e alimentação de seu grande amigo.

MAIS UM
Na sessão da última sexta-feira, o Tribunal deferiu, por unanimidade, o registro dos órgãos estadual e municipais do Partido da Mulher Brasileira (PMB). O relator concluiu que foram atendidos todos os requisitos previstos na legislação eleitoral (incisos I a IV do art. 13 da Resolução nº 23.282/2010/TSE): exemplar autenticado de inteiro teor do programa e estatuto partidários, prova do registro civil como pessoa jurídica, apoiamento mínimo de eleitores em Minas Gerais e prova da constituição definitiva dos órgãos de direção regional e municipais. A agremiação apresentou pedido de registro de 87 comissões diretoras municipais. Entre os municípios, Belo Horizonte, sendo presidente do órgão partidário municipal Marcelo Antônio da Conceição e vice-presidente, Rosemary Correa. Quanto ao órgão de direção regional, tem como presidente, Rosimere Machado de Jesus e vice-presidente, Maria do Carmo Magalhães. Em outubro de 2013, o PMB teve seu registro regional negado pelo TRE de Minas por não ter demonstrado o apoiamento mínimo de eleitores necessário a sua formação. No âmbito nacional, o partido ainda não tem registro deferido pelo TSE.

Outros partidos
Em 2013, o Tribunal deferiu o registro do Partido Novo (PN) e do Partido da Transformação Social (PTS). Em Minas, existem mais 20 partidos em formação. São eles:

  • PDN – Partido do Desenvolvimento Nacional
  • PC – Partido Cristão
  • PMB – Partido Militar Brasileiro
  • PMA – Partido do Meio Ambiente
  • PS – Partido Social
  • PLC – Partido Liberal Cristão
  • PAI do Brasil – Partido dos Pensionistas, Aposentados e Idosos do Brasil
  • PDSP – Partido Democrático dos Servidores Públicos
  • PSPC – Partido da Segurança Pública e Cidadania
  • PE – Partido dos Estudantes
  • PDP – Partido Democrata Progressista
  • ARENA – Aliança Renovadora Nacional
  • PLD – Partido Liberal Democrata
  • PF – Partido Federalista
  • Rede Sustentabilidade
  • PDS – Partido da Defesa Social
  • ECO – Ecológico
  • PHD – Partido Humanista Democrático
  • PLB – Partido Liberal Brasileiro
  • PAT – Partido Alternativo dos Trabalhadores

SOB NOVA DIREÇÃO
Tomam posse nessa sexta-feira, 7, os novos presidente e vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais. O desembargador Wander Marotta assume a Presidência do Tribunal e o desembargador Geraldo Augusto de Almeida será o vice-presidente e corregedor. A cerimônia começa às 17h, no auditório do Tribunal. O desembargador Marotta assume a Presidência do TRE em substituição ao desembargador Antonio Carlos Cruvinel, que encerra seu biênio como integrante efetivo do Tribunal. Wander Marotta exerce, desde julho de 2012, a vice-presidência e a corregedoria do TRE, na gestão do desembargador Cruvinel como presidente.

TRAJETÓRIA
Wander Paulo Marotta Moreira nasceu em Dores do Turvo, Zona da Mata mineira e graduou-se em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais. O futuro presidente do TRE ocupa o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça desde 2002, quando o antigo Tribunal de Alçada de Minas Gerais, no qual ocupava o cargo de juiz desde 1994, foi incorporado ao TJMG. Desde julho de 2012, é vice-presidente e corregedor do TRE-MG, onde ocupou, na década de 1990, uma vaga de juiz, na classe dos juízes de direito. Foi diretor da Associação dos Magistrados Mineiros e da Associação dos Magistrados Brasileiros. Atua, ainda, como auditor do Tribunal da Justiça Desportiva, e é membro da Comissão Supervisora do Juizado Especial em Minas Gerais. Nascido em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais, Geraldo Augusto de Almeida graduou-se em Direito em 1971, pela Universidade do Estado da Guanabara, e se especializou em Direito Civil na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em Portugal. Ingressou na magistratura em 1977. Foi juiz do extinto Tribunal de Alçada de Minas Gerais, de 1994 a 2002, quando passou a ser desembargador do Tribunal de Justiça. É membro substituto da Corte Eleitoral desde março de 2012. Ainda nos anos de 2006 e 2007, foi superintendente adjunto da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes, do TJMG. De março até novembro de 2008, foi membro do Conselho de Magistratura do TJMG. No magistério, foi professor de Direito Civil na Faculdade Milton Campos.

PERIGO
É comum encontrar pelos quatro cantos da cidade bueiros abertos e causando um grande risco a população.

Na foto abaixo, um exemplo clássico desse desleixo…
em resumo

REFLITA
“A vantagem da honestidade é que a
concorrência é pequena.”

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: