Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Em Resumo – Começou

ter, 22 de julho de 2014 00:00

Abertura Em Resumo
COMEÇOU
A semana começa e com ela as histórias dos nossos candidatos ao pleito de outubro nas esferas estadual e federal. O que mais me assusta nessa verdadeira Torre de Babel é que alguns desses postulantes a deputado pregavam algo semelhante a “SOU DE ARAGUARI VOTO EM CANDIDATO DAQUI”, mas, engraçado é que, sendo de Araguari e querendo que o eleitor vote em candidatos locais, também teria que investir seu dinheiro nas empresas daqui e assim produzir seu material publicitário para o desenrolar de sua campanha. É muito estranho ver a hipocrisia do candidato que esbravejou pelos quatro cantos da cidade e diuturnamente vem gastando seu dinheiro de campanha na vizinha Uberlândia. Uma verdadeira contradição…

VERGONHA
E Araguari continua tomada pela onda dos vídeos de sexo infanto-adolescentes gravados através de celulares e disseminados via WhatsApp. O problema maior, além da exposição da imagem dos adolescentes, é a falta do preservativo.

URGÊNCIA
O problema existe, é fato, tá na cara de todos nós e são nossos filhos que estão expostos tanto a gravarem quanto a serem gravados. Então, hora de deixar o cinismo de lado e abordar o assunto como uma questão a ser debatida amplamente.

CRIME
E que o debate comece pelas salas de aula, onde estão os principais atores/vítimas da sociedade da imagem. Outro aspecto que não pode ser esquecido é que, quem mantém os vídeos nos celulares e mostra a outrem, está cometendo um crime grave.

E-MAIL RECEBIDO
“Bom dia.
Em primeiro lugar parabéns pela sua coluna jornalística da qual sou leitor assíduo.
No que concerne à matéria publicada nesta sexta-feira, vale lembrar o abandono do terreno onde seria construído o shopping do Bretas. Você é uma das vozes a cobrar uma posição das autoridades competentes acerca do absurdo que é a situação de um local central de nossa cidade viver neste abandono. Tendo em vista que não será construída a empresa naquele local, faz-se necessário que se dê uma destinação à enorme área, inclusive com a continuação da rua Adalardo Cunha o que dará maior mobilidade ao trânsito de nossa cidade.
Por favor, seja a voz do cidadão e cobre, ainda uma vez mais, providências.
Att. A.”
aaaaa
COMENTÁRIO DO COLUNISTA – Caro leitor, obrigado pelas palavras elogiosas e pode ter certeza que, em relação aos terrenos e casas abandonadas em nossa cidade, sempre estarei denunciando e lutando para que esses abrigos de sujeira, animais peçonhentos e até mesmo de bandidos não se proliferem em nossa cidade. Com relação ao terreno vendido ao grupo Bretas pelas administrações anteriores, serei sempre uma voz ativa contra esse desmando, pois a venda e o fechamento da rua pelo município foram condicionados à construção do complexo comercial, ou seja, um shopping. Apesar de algumas pessoas me condenarem por essa luta, pode ter certeza que não vou me calar.

PROTEÇÃO E DESENVOLVIMENTO
Na semana passada, em reunião extraordinária solicitada ao Conselho Deliberativo de Patrimônio Cultural de Araguari, os conselheiros deliberaram favoravelmente a um dos itens da pauta que, certamente, deixará a todos os araguarinos muito contentes. Um grande empreendimento imobiliário, tendo como parceria o empresário Janfredo Nader, com grande apoio da CDL, na pessoa do seu presidente, Sebastião dos Santos Totó, acontecerá em Araguari. Tal empreendimento passou pelo crivo do Conselho, uma vez que o terreno encontra-se em área de proteção.  Ambos compareceram à reunião a fim de apresentar aos conselheiros uma perspectiva do empreendimento. Após a explanação do engenheiro/empresário, o Conselho aprovou o uso e ocupação do solo para a rua Aurélio de Oliveira esquina com a Lindolfo Rodrigues da Cunha. Na reunião, ficou claro a todos os participantes que o Conselho Deliberativo de Patrimônio Cultural de Araguari, junto da Divisão de Patrimônio Histórico/Faec, tem o objetivo e a função de promover a preservação cultural de nosso município, aprovando idéias empreendedoras de forma consciente e criteriosa, e que, além de promover o progresso, protege nosso patrimônio cultural. Foi dado um grande passo na parceria governo/iniciativa privada.

IMPUGNAÇÕES
Nada menos do que 64,91% dos 1810 pedidos de registro de candidatura receberam pedido de impugnação do Tribunal Regional Eleitoral. O volume é quase o dobro registrado nas eleições de 2010.

JALECO
Lei em Belo Horizonte desde 2010, agora o uso do jaleco e de uniformes hospitalares foras das unidades hospitalares de saúde aguarda a assinatura do governador para também ser proibido em Minas Gerais.

1 Comentário

  1. Gino Mendes disse:

    Sobre essa questão de votar só em candidatos daquí fica a seguinte questão: OS VOTOS DAQUÍ SERÃO SUFICIENTES para eleger um dos candidatos?. Não precisariam de buscar votos fora?. Quais desses candidatos tem o reconhecimento dos candidatos majoritários tanto ao governo estadual e nacional?, levando-se em consideração que, neste caso, o peso da importância das legendas partidárias fará muita diferença, ou seja, quem sai candidato aliado as propostas destes dois níveis de disputa teóricamente terão mais possibilidades de arregimentar adeptos e eleitores em todo o Estado.

Deixe seu comentário: