Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Em média 30 pessoas participam de testes rápidos para hepatites virais

qua, 16 de julho de 2014 00:18

DA REDAÇÃO – Há alguns anos, um dado alarmante levou milhares de pessoas a abrirem a discussão sobre o avanço de uma doença no cenário global. De acordo com um levantamento, uma a cada 12 pessoas conviviam com hepatites dos tipos B ou C. Diante disso, a data de 28 de julho passou a representar o Dia Mundial de Combate às Hepatites.

Com a premissa de propagar e difundir a importância da conscientização acerca da doença, o calendário de julho ganhou novas proporções pelo mundo, e em Araguari não é diferente. Nos momentos que antecedem mais uma edição da data, a equipe do Centro de Apoio Especializado (CEA) promove uma série de testes rápidos para hepatites virais. O intuito é oferecer um diagnóstico precoce, além de garantir a saúde de cada um.

É o que relata a coordenadora do CAE, Márcia Beatriz Sardela. Em entrevista ao Jornal Gazeta do Triângulo, ela enalteceu a importância do envolvimento da população.

“Felizmente percebemos uma grande participação em Araguari. Os exames são fundamentais, principalmente para aqueles que tenham feito piercing, tatuagens e uso de drogas, além de ter se submetido a cirurgias de grande porte ou transfusão de sangue antes de 1990, quando não havia os testes rápidos. Por se tratar de uma doença silenciosa, muitos podem conviver com ela sem perceber”, destacou.

Em 2014, os casos de hepatites no município sofreram uma redução em relação ao ano anterior. Apesar disso, segundo Márcia Beatriz, é preciso que as pessoas se mantenham alerta com a enfermidade.

“De fato, não temos muitos casos registrados na cidade, mas muitas pessoas podem estar contaminadas sem saber. Por isso, é importante que elas participem dos exames, onde os testes são promovidos sem custos e os resultados chegam a ficar prontos em 15 minutos”, completou.

Em média, 30 pessoas são atendidas pelo CAE diariamente. Composta por 12 pessoas, a equipe promove os atendimentos das 7 às 16h30. Conforme apurou a reportagem, uma campanha inédita ainda pode ser consolidada este mês no Presídio de Araguari.

O CAE está situado na praça José Rodrigues Alves, centro. Para outras informações acerca dos exames, basta entrar em contato pelo telefone 3690-3023.

FIQUE SABENDO

Representando uma degeneração do fígado, a hepatite é ocasionada pelo abuso do consumo de álcool ou outras substâncias tóxicas, como alguns remédios, que se transformam em ácidos nocivos às células hepáticas.

No caso das hepatites dos tipos B ou C, a doença pode ser transmitida por drogas injetáveis, materiais cirúrgicos contaminados e não-descartáveis, além de relações sexuais. Caso sofra uma evolução, a enfermidade ainda pode ocasionar cirrose ou câncer de fígado.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: