Quarta-feira, 17 de Abril de 2024 Fazer o Login

Em audiência pública, secretário esclarece Minha Casa Minha Vida em Araguari

qua, 12 de março de 2014 00:01
Convidado pelo Legislativo, Nilton Eduardo elucida o programa do governo federal . foto: Gazeta do Triângulo

Convidado pelo Legislativo, Nilton Eduardo elucida o programa do governo federal . foto: Gazeta do Triângulo

DA REDAÇÃO – Mais de três mil casas em três anos. Depois de classificar o âmbito habitacional como uma das principais metas de seu governo, o prefeito Raul Belém (PP) se desdobra para atender a demanda da população. No entanto, diversos questionamentos ainda intrigam a comunidade.

Uma das preocupações é apontada pelo vereador Dhiosney de Andrade (PTC).  “Recebemos algumas denúncias de visitas domiciliares de cargos de confiança a famílias que não participaram dos sorteios do Minha Casa Minha Vida. Pelas informações apresentadas, as pessoas seriam de vulnerabilidade social. Mesmo assim, não admitimos que exista algum tipo de facilitação de cunho político na iniciativa. É um programa que sabemos da seriedade e acompanharemos seu andamento”, destacou.

Convidado para esclarecer as dúvidas acerca do programa do governo federal em Araguari, o secretário de Planejamento, Nilton Eduardo Castilho Costa e Silva, participou da sessão nesta terça-feira, 11, na Câmara Municipal.

Durante a sessão, o titular da pasta atribuiu as várias nuances da iniciativa, destacando os principais pontos ao Legislativo. Abordado acerca da documentação e de eventuais restrições que poderiam impedir os sorteados de receber suas respectivas casas, o titular da pasta rechaçou a especulação. Além disso, em entrevista ao Jornal Gazeta do Triângulo, garantiu o avanço nos procedimentos.

“O encontro foi bastante produtivo principalmente para reforçar no plenário todas as informações que circulam sobre o Minha Casa Minha Vida e o empenho no programa. Ao contrário de informações infundadas, os beneficiários não serão impedidos de ter acesso às moradias. Discutimos também sobre a forma de realização dos sorteios e a entrega das casas”, disse.

Outro ponto da reunião foi a insatisfação dos moradores quanto ao piso nos conjuntos habitacionais Portal de Fátima e Monte Moriá. Nilton Eduardo apontou a posição do Executivo diante da situação.

“Estamos verificando todos os procedimentos com a Caixa Econômica Federal, pois acabamos sendo pegos de surpresa. Estamos insatisfeitos com o serviço oferecido pela empresa e iremos tomar todas as medidas necessárias para que os moradores não sejam prejudicados”, completou.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: