Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Eleição dos novos integrantes do Conselho Tutelar acontece em outubro

qua, 9 de agosto de 2023 08:03

Da Redação

A finalidade do conselheiro tutelar é promover a segurança dos direitos de crianças e adolescentes

No dia 9 de maio, a Prefeitura de Araguari divulgou que estavam abertas as inscrições para a eleição dos novos integrantes do Conselho Tutelar para o quadriênio 2024/2027. Ao todo são 5 vagas, com vencimentos de R$2.600,31 acrescido de gratificação no valor de R$1.031,82; com carga horária de 30h semanais e regime de plantão.

No dia 19 de junho de 2023, foi publicada a resolução n. º 05, de 14 de junho de 2023. Essa resolução apontou os candidatos aptos a participarem do processo eleitoral que resultará na eleição de conselheiros tutelares de Araguari/MG para o quadriênio 2024/2027, de acordo com as normas previstas no edital de abertura do certame.

Segundo a resolução estão aptos os seguintes candidatos: Marcos Costa da Silva; Vera Lucia da Silva Arruda; Drielly Rúbia da Silva; Claudia Regina Ferreira Rodrigues da Cunha; Marisa Camargo de Sousa; Jessica Araújo Duarte de Faria; Maria Izabel Vicente da Silva Ribeiro; Jéssica Stefane Piqui Ramos; Clayton Luis dos Santos Sousa; Alessandra Pereira; Luana Pereira Silva; Nilva Portes de Souza; Rosimar da Silva Alves Amaral; André Luiz de Paula; Leticia Vieira Queiroz; Elisia Viveiros Lima; Fernanda Costa Mendes Freire; Danilo Henrique Lira Neves; Suellen Barbosa Imai; Eloína de Fátima Silva Amaral; Luciana da Silva Guedes; Elionai Chearliston Rosa; Vânia Abadia Barcelos Ribeiro; Lúcia de Araújo; Alba Valéria Borges Severino Martins; Giovanna Dias Mota; Ana Karla Vieira; Walkiria de Fátma Soares Cassiano Fernandes.

A eleição será realizada no dia 1º de outubro de 2023, das 8h às 17h (horário oficial de Brasília). Os integrantes do Conselho Tutelar serão selecionados, através do voto direto, plurinominal, podendo o eleitor votar em até cinco candidatos, facultativo e secreto. Os conselheiros tutelares eleitos serão nomeados e tomarão posse no dia 2 de janeiro de 2024, para o mandato de 4 anos.

São impedidos de servir no mesmo conselho, marido e mulher, ascendentes e descendentes, sogro e genro ou nora, irmãos, cunhados, tios e sobrinhos, padrasto ou madrasta e enteados. É condição para a posse do candidato eleito a comprovação da escolaridade, a Formação Específica do ECA e outras exigências, segundo estabelecido no edital.

1 Comentário

  1. Marilda Alves Tabaco disse:

    Boa sorte a todos e Deus abençoa aquele que estiver a frente dessas resoluções tão delicadas e humana. 🙏🌹

Deixe seu comentário: