Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Dmae traz projeto inovador para Semana Rural

qui, 10 de julho de 2014 00:54

Fossa séptica sustentável é apresentada aos produtores rurais da região

O projeto tem como matéria prima pneus descartáveis. Foto: Divulgação

O projeto tem como matéria prima pneus descartáveis. Foto: Divulgação

DA REDAÇÃO – O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) de Uberlândia marcará presença na 26ª Semana da Família Rural, realizada pelo Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM). O evento acontece entre os dias 15 e 18 de julho, na Fazenda Sobradinho, e tem como finalidade levar informações de interesse dos produtores rurais.

Um dos projetos a serem apresentados tem como tema a fossa séptica sustentável, desenvolvida pela equipe do Programa Buriti de Proteção e Preservação das Nascentes do rio Uberabinha e ribeirão Bom Jardim, e que emprega como uma das matérias primas – de forma inovadora – pneus descartáveis.

De acordo com o gerente ambiental Leocádio Pereira, o projeto das fossas foi desenvolvido para atender famílias selecionadas nos assentamentos da reforma agrária, embora a técnica de construção esteja disponível para qualquer produtor interessado. “Oferecemos o projeto e o modo de fazer, facilitando aos produtores o
acesso a uma tecnologia mais econômica para dar tratamento correto aos efluentes domésticos que podem contaminar os lençóis d’água e ocasionar doenças”, destacou.

O gerente ambiental explicou que uma fossa séptica comum, com capacidade para atender a uma família de seis pessoas, é vendida no mercado por cerca de R$ 1.700 enquanto a fossa desenvolvida pelo Dmae, no mesmo tamanho, custa em torno de R$ 200 a R$ 500. “Se o produtor se encarregar da mão de obra ficará mais barato. Se não, o custo é maior”.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento, parceira do Dmae no projeto que beneficia agricultores dos assentamentos rurais, 96% dos produtores familiares do município não possuem fossas sépticas, fazendo uso, portanto, de fossas negras, buracos escavados no solo para os quais são encaminhados os esgotos domésticos.

Já a fossa séptica é um recipiente fechado, no qual os dejetos não entram em contato direto com o solo e o lençol freático. A digestão anaeróbica da matéria orgânica ocorre em seu interior, separando água, lodo e gás metano. O gás é eliminado para a atmosfera, o lodo fica retido na fossa e a água é filtrada e depois lançada no solo.

Um estande do Dmae estará disponível na terça-feira, dia 15, das 09h às 15h. “Estamos esperando cerca de 700 pessoas. Vamos aproveitar esse contato com o produtor e seus familiares para oferecer cartilhas educativas para as crianças, mas que podem ser úteis também para os adultos, e chamar a atenção de toda a família para o uso responsável da água que devemos adotar, no campo e na cidade. Não podemos mais ser negligentes no uso da água”, concluiu Leocádio Pereira.

O IFTM está localizado na rodovia Neuza Rezende, em Uberlândia. Mais informações sobre a Semana da Família Rural pelo telefone (34) 3214-1752.

12 Comentários

  1. Raphael Fernandes disse:

    boa noite, muito bom o projeto das fossas ecológicas, eu moro no interior do RN, e pretendo fazer uma fossa com pneus na vertical igual na foto, mas queria saber se tem um manual disponível explicando como fazer? onde consigo ? obrigado

  2. GUILHERME OTÁVIO DINIZ disse:

    Boa noite,gostei muito do projeto,gostaria de obter mais informação tendo em vista que temos uma pequena chácara próximo a uma reserva ambiental e gostaria de instalar um biodigestor alternativo e artesanal…

  3. GLOVANE GOMES disse:

    Bom dia, o Projeto é excelente, e me interessei muito. Eu gostaria muito de adquirir um Manual, para construir uma fossa de pneus em minha residência. Sou de Natal Rio Grande do Norte. Desde já, agradeço.

    Cordialmente.

    Glovane Gomes

    Natal/RN – Domingo, 22 de Fevereiro de 2015.

  4. Helio Celestino silva disse:

    Favor me enviar o manual da fossa séptica.Não quero contaminar o solo!!!!

    Agradeço!!!

  5. angela seixas disse:

    olá estou muito interessada em saber como é feito essa fossa, pois estive visitando alguns familiares no interior do amazonas e vi como é difícil a ida dessas pessoas sem fossa, . gostaria muito de saber como é feito ,pois pretendo fazer algumas lá nessa comunidade.
    desde ja fico grata!!

  6. LUCIENE MARILIA AGUIAR CABRAL disse:

    Olá, me interessei muito nessa fossa, pois tenho um pequeno terreno e esse projeto é muito viável. Poderiam por favor me enviar uma copia do projeto? Pode ser por e-mail mesmo. Fico no aguardo, atc., Luciene.

  7. genesio rampinelli disse:

    muito desse passo a passo para a construção dessa fossa pois tenho a nescecidade de uma na minha propriedade

  8. elias rodrigues braga disse:

    Gostaria de receber o projeto e o passo a passo do projeto de fossa séptica de pneus para construção em minha fazenda, em Bom Despacho/MG.
    End Rua dos Inconfidentes,55,apto 202,Abadia, Uberaba/MG ou pelo e mail.Antecipadamente os meus agradecimentos.

  9. luiz carlos tamasauskas disse:

    adquiri uma chacara em Cambui MG quero fazer tudo do forma correta pois a regiâo possuem varias nascentes para isso gostaria de receber o projeto e como idealiza lo

  10. Jámineida Rodrigues disse:

    Olá me chamo Jámineida e vir toda a reportagem da fossa ecológica, moro no Acre na zona rural.
    Em chacara pequena gostaria muito de receber o manual de como fazê essa fossa.
    Me ajudem não tenho condições de continuar a poluir o solo com um simples buraco no chão (fossa negra) me ajudem?

  11. Luiz Teles Coutinho disse:

    Boa noite!
    Gostaria de receber o projeto como o passo a passo para colocá-lo em pratica no sítio comprado a pouco tempo.
    Achei muito interessante, parabéns pela ideia e iniciativa!!!!

    Antecipadamente agradecemos

  12. Ana Maria Ferreira Fagundes carvalho disse:

    Gostaria de receber seu projeto de fossa ecológica com peneis p fazer no meu sítio obrigada

Deixe seu comentário: