Terça-feira, 23 de Abril de 2024 Fazer o Login

Diretores de escolas municipais são empossados

qui, 13 de fevereiro de 2014 17:43

D

A cerimônia marcou a posse de diretores e vice-diretores das 115 escolas municipais com mandato para os próximos quatro anos. Foto: Daniel Nunes/SECOM/PMU

A cerimônia marcou a posse de diretores e vice-diretores das 115 escolas municipais com mandato para os próximos quatro anos. Foto: Daniel Nunes/SECOM/PMU

A REDAÇÃO – Em clima de festa e alegria, 115 diretores e vice-diretores tomaram posse de seus cargos em uma solenidade simbólica, na noite de segunda-feira (10), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). A solenidade marcou o início do mandato de quatro anos dos administradores escolares que foram escolhidos a partir de consulta feita pelas comunidades escolares.  Além disso, celebrou-se um processo democrático no qual as comunidades manifestaram seus anseios quanto às escolas da qual fazem parte. Para a realização da cerimônia, uma Comissão Geral, da Secretaria Municipal de Educação (SME), realizou em dezembro do ano passado o processo de consulta à comunidade escolar para os cargos de provimento em comissão de diretor e vice-diretor das escolas municipais.

O prefeito Gilmar Machado compartilhou sua satisfação ao empossar os novos diretores e vice-diretores destacando a importância da participação de todos em uma gestão democrática. “Esses profissionais se colocaram à disposição da comunidade, e demonstra o interesse em fazer da escola um local de qualidade de ensino acadêmico e de vida. A escola não foi feita para indicações políticas, ela é da população e a mesma deve participar. Estamos construindo uma sociedade participativa, democrática”, disse.

O conselho atendeu aos princípios da gestão democrática do ensino público, segundo recomenda a Constituição Federal, e admitiu a participação de pais, alunos e servidores nas decisões escolares. As inscrições para fazer parte da consulta foram abertas aos servidores públicos municipais ocupantes de cargo de provimento efetivo da carreira do magistério municipal ou de educador infantil, em efetivo exercício na respectiva unidade escolar à qual se inseria. Foram exigidos dos interessados itens como formação superior com licenciatura, curso em gestão escolar com carga mínima de 80 horas e apresentar um Plano de Gestão Democrática da Escola à Comissão Especial de Consulta à Comunidade Escolar.

“Sinto a Secretaria de Educação mais aberta, com o objetivo de nos incentivar a trabalhar melhor pelos nossos alunos. Estou na minha escola há 18 anos desenvolvendo diversas funções. Amo o que eu faço e ver a participação da comunidade é um incentivo ainda maior para trabalhar”, afirmou Chang Cristina, eleita vice-diretora da E.M. Eugênio Pimentel Arantes.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: