Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Dengue: Araguari registra 392 casos da doença neste ano

qua, 24 de janeiro de 2024 08:03

Da Redação

Grande parte dos criadouros está nas residências
Divulgação

No dia 22, a Secretaria de Estado de Saúde publicou um Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de dengue, chikungunya e zika. De acordo com as informações, até esse dia foram registrados 32.316 casos prováveis (casos notificados fora os descartados) de dengue, sendo que 11.490 casos foram confirmados para a doença. Até o momento, há um óbito confirmado por dengue no estado e 14 estão sendo investigados.

Com relação à chikungunya, foram apontados 4.353 casos prováveis, sendo 3.067 confirmados. Até o momento, um óbito foi confirmado por chikungunya no estado e dois estão em investigação.

No que se refere à zika, foram registrados 2 casos prováveis e ainda não há casos confirmados da doença. Também não há óbitos confirmados ou investigação por zika em Minas Gerais.

Ainda, conforme a Secretaria de Estado de Saúde, em Araguari, até o dia 22 foram registrados 392 casos prováveis dengue e 51 de chikungunya. Até o momento, não há nenhum óbito confirmado para essas doenças no município.

Ressalta-se que, para evitar a disseminação do mosquito Aedes aegypti é necessário realizar algumas ações, dentre elas estão: verificar se a caixa d’água está bem tampada; deixar as lixeiras bem tampadas; colocar areia nos pratos de plantas; recolher e acondicionar o lixo do quintal; limpar as calhas; cobrir piscinas; tapar os ralos e baixar as tampas dos vasos sanitários; limpar a bandeja externa da geladeira; limpar e guardar as vasilhas dos bichos de estimação; limpar a bandeja coletora de água do ar-condicionado; cobrir bem a cisterna; cobrir bem todos os reservatórios de água; usar repelente contra o mosquito; em ambientes internos, ligar o ar condicionado, ou usar telas de proteção em portas e janelas.

Ontem, 23, o Jornal Gazeta do Triângulo entrou em contato com setor de Zoonoses para saber sobre o último Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti —LIRAa e sobre as ações que estão sendo tomadas para evitar a proliferação mosquito; porém, até o fechamento desta edição, não obteve respostas.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: