Sábado, 24 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Deficiente Físico – Ensinando educação inclusiva aos filhos

sáb, 29 de março de 2014 00:00

Márcio Nobre
A participação dos pais no cotidiano dos filhos, é essencial para despertar a construção de um caráter de aceitação das diferenças. A deficiência física não deve ser encarada como tabu, mas como uma realidade que merece ser respeitada com os mesmos direitos que quaisquer outras pessoas, seja ao lazer, a educação, saúde ou cultura.

O primeiro passo para educação inclusiva é manter-se informado, para que as instruções sejam dadas corretamente, tanto pela família, quanto pelos professores, e para que os deficientes não tenham seus direitos violados. Também é muito importante ensinar que a inclusão não deve ser apenas uma iniciativa constitucional, mas de nós próprios, como atributo de aceitação das diferenças individuais, não como obstáculo.

Outra iniciativa valiosa neste processo, é chamar atenção dos nossos filhos quanto a naturalidade e bom senso diante de qualquer tipo de deficiência, pois o bem estar destas pessoas, também é uma forma de inclusão. A acessibilidade não deve ser esquecida, ela é fundamental e merece prioridade. Nada de estacionar em vagas especiais, obstruir as rampas de acesso às calçadas ou não respeitar filas e acentos preferenciais, devemos ser cidadãos conscientes e espelhos para nossa geração.

Todos podemos contribuir por um país com educação inclusiva, a qual não pode ser somente atribuição das escolas, o apoio a esta causa deve começar dentro da nossa própria casa, por meio de orientação, diálogo e exemplo. Ensinar os filhos a se colocar no lugar dos outros,  vai além de cooperar para a formação de um caráter baseado em valores ou princípios, é ensiná-los que saber respeitar é ser humano, é combater o preconceito e fortalecer a inclusão social em nossa sociedade.
sindrome down

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: