Terça-feira, 09 de Julho de 2024 Fazer o Login

Confira dicas de segurança e economia para aproveitar compras on-line na Black Friday

qui, 28 de novembro de 2013 03:49
No Brasil, compras durante a Black Friday serão feitas em lojas virtuais

No Brasil, compras durante a Black Friday serão feitas em lojas virtuais

DA REDAÇÃO – Uma invenção norte americana com cara de que veio para ficar. O dia no ano com as “maiores promoções e descontos” do comércio é o que promete a Black Friday, ou “sexta-feira negra”, criada por lojistas com a intenção de alavancar as vendas no ano de 2005. No Brasil, a primeira versão do evento aconteceu em 2010, com ações feitas por empresas de venda on-line. Amanhã, 29, milhares de ofertas irresistíveis estarão à distância de um clique.

Mas é preciso ter cautela. Ano passado o Black Friday Brasil ficou marcado pela maquiagem nos descontos. Ou seja, o preço do produto dobra e é ofertado no dia com o suposto desconto. Órgãos de defesa do consumidor como o Procon prometem maior fiscalização para evitar que empresas aumentem os preços drasticamente dias antes.

Produtos de informática e serviços como pacotes de academia de ginástica, seguro de carros e passagens aéreas serão os destaques da terceira edição da “Black Friday”. Ofertas com até 75% de desconto são prometidas nas principais lojas virtuais do país.

ENTENDA A DATA
Nos Estados Unidos, estar com o orçamento no “black” seria, na prática, algo próximo a “estar no azul” para os brasileiros. A Black Friday é realizada sempre na última sexta-feira de novembro, primeiro fim de semana após o feriado de Ação de Graças. Lá, as lojas abrem mais cedo e milhares de pessoas fazem fila para comprar. Além dos Estados Unidos, a ação de vendas tem sido adotada por comerciantes de países como Canadá, Austrália, Reino Unido, Portugal e Paraguai. O Brasil ainda não possui condições de promover a data em lojas físicas, como ela ocorre tradicionalmente.

FUJA DE GOLPES
O Procon-SP listou 325 sites na lista negra do comércio eletrônico, que não responderam queixas dos consumidores e, portanto, devem ser evitadas. A falta de entrega do produto é a campeã de reclamações.  Os endereços dessas empresas estão disponíveis no seguinte link: www.procon.sp.gov.br/pdf/acs_sitenaorecomendados.pdf

DICAS PARA UMA BOA COMPRA
FONTE: PROCON-SP

  • – Procure no site a identificação da loja (razão social, CNPJ, telefone e outras formas de contato além do e-mail);
  • – Prefira fornecedores recomendados por amigos ou familiares;
  • – Desconfie de ofertas vantajosas demais;
  • – Não compre em sites em que as únicas formas de pagamento aceitas são o boleto bancário e/ou depósito em conta.
  • – Leia a política de privacidade da loja virtual para saber quais compromissos ela assume quanto ao armazenamento e manipulação de seus dados;
  • – Imprima ou salve todos os documentos que demonstrem a compra e a confirmação do pedido (comprovante de pagamento, contrato, anúncios etc.);
  • – Instale programas de antivírus e o firewall (sistema que impede a transmissão e/ou recepção de acessos nocivos ou não autorizados) e os mantenha atualizados em seu computador;
  • – Nunca realize transações on-line em lan houses, cybercafés ou computadores públicos, pois podem não estar adequadamente protegidos.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: