Segunda-feira, 17 de Junho de 2024 Fazer o Login

Coluna: Radar (21/05)

ter, 21 de maio de 2024 10:58

MEDIADOR

Mais uma avaliação de opinião pública vem sendo realizada nas ruas de Araguari. O principal objetivo é identificar quem tem melhores condições para encabeçar a chapa do grupo de oposição ao governo Renato Carvalho.

 

BALANÇA

A preocupação da oposição é com índice de rejeição de cada um dos cinco nomes disponíveis ( “Marcão”, Dr. Mazao, Maria Belém, Dr. Fernando Gorayeb e Marlos Fernandes). O mais experiente de todos, “Marcão”, sabe até quanto é viável ser ou não candidato, dependendo do nível da rejeição.

 

POR OUTRO LADO…

A expectativa da oposição é com os reflexos financeiros que vem sofrendo o prefeito Renato Carvalho, que está com caixa do município vazio. Sem contar, a crise financeira que atravessa o país, que complica ainda mais uma mudança “do dia para noite”.

 

QUIETINHO

Sem grana, o prefeito Renato Carvalho, inclusive, recuou com algumas ações e obras que estavam previstas.

 

FORÇAS DO ALÉM

Um candidato revelou para a coluna, na semana passada, que vem sendo orientado por um pai de santo. Ele revelou, ainda, ter queimado mais de cem velas por orientação do pai de santo que vai coordenar sua campanha.

 

QUERO NÃO

FOTO A

Ainda em março, dois partidos tentaram convencer o empresário Sérgio Pizolato (Foto), que já foi prefeito na cidade de Centenário do Sul – PR, para ser candidato a prefeito de Araguari neste ano. A informação é que o empresário, que também tem seus negócios em Araguari, teria apenas pedido para agradecer a lembrança. Lembrando que houve a mesma tentativa em 2020, mas, na ocasião, o empresário preferiu apoiar o prefeito Renato Carvalho.

 

BAGAGEM

Uma das maiores potências do país na construção civil, o grupo Pizolato, um conglomerado de empresas da construção civil, presidido pelo senhor Sérgio, hoje está em 28 cidades do Brasil. Hoje, a Pizolato está construindo mais de 500 unidades residenciais em Araguari. O grupo

ainda possui uma grande produção de café na região, onde Pizolato foi um dos pioneiros da cafeicultura do cerrado mineiro, com investimentos, aqui, desde 1976.

 

TRAJETÓRIA

Ha 40 anos, chegava em Araguari, com a cara e a coragem, a família Bataglini. Hoje, se tornou uma das grandes referências do nosso agronegócio, sobre a batuta do senhor Jaime Bataglini.

2 Comentários

  1. ELIANE disse:

    É lógico o país está quebrado só não vê quem não quer enxergar e agora o fulano vai ter que parar de dar bilhões para a rede globo, para os lacradores e cantores fim de carreira porque as cidades do Rio Grande do Sul estão destruídas e Quatro bilhões é pouco para a reconstrução.
    Aqui no Brasil tem esse problema, um entra tenta colocar o país no eixo e aí entra um outro e esbandalha o que o outro deixou por isso que o país não vai para frente e aí junta com a população sem cultura, sempre foram apaixonados por sigla política e que não estão nem aí para o país, diferentemente dos USA que a economia e contínua. Se não fossem todos os imigrantes que vieram para cá no passado e trabalharam para o progresso do país, o Brasil seria bem mais atrasado. Dificilmente se vê uma marca de um produto que não tenha um sobrenome de imigrantes.

  2. ——- disse:

    Sai fora Elaine, baba ovo de Bolsonaro e EUA.
    Seu ex-presidente estava assassinando a população brasileira com sua inércia e discursos de incentivo para contaminação pela COVID. Inclusive o atual prefeito que no início do seu mandato não demonstrava exemplo nenhum de respeito as medidas de precaução na época, dando entrevistas em rádios sem máscara e autorizando ministração de cloroquina nas unidades de saúde

Deixe seu comentário: