Domingo, 21 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Radar (18/07)

ter, 18 de julho de 2023 08:08

VAI COBRAR

O deputado federal Zé Vitor (PL) prometeu pressão em cima do Estado, para que Araguari tenha de volta o atendimento de chamadas do 190. Lembrando que, hoje, a central de atendimento é em Uberlândia. Segundo parlamentar, essa ideia de centralizar o 190, por regiões, não funcionou.

 

OUTRA CHANCE

Quem não conseguiu aproveitar a data para pagamento com desconto à vista do IPTU, espera outra chance, pois, alegam que não receberam o carnê em tempo hábil. Vale lembrar que a entrega vem sendo registrada, inclusive por fotos.

 

NA MOITA

Pesquisas eleitorais vêm sendo realizadas na cidade visando as eleições para prefeito no ano que vem.

 

PENDURICALHOS

Após conseguir a difícil retirada do poste de iluminação, o prefeito Renato Carvalho, agora, aguarda só a liberação do DNIT para, enfim, liberar o trânsito da BR-050 na Avenida Das Codornas.

 

ESTAMOS DOENTES

Com uma média muito superior em quantidade de farmácias comparando com cidades do mesmo porte, Araguari virou alvo das grandes redes de farmácia do Brasil. Além de uma recém-inaugurada, outras duas redes, que aqui já estão, já preparam para construir novas filiais.

 

NA COLA

E o Ministério Público segue na cola dos servidores do município que estão desviados das suas funções as quais eles foram aprovados em concurso público. É típico, por exemplo, disputar vaga para serviços gerais e depois dizer que não tem condições de exercer a função.

 

SINCERIDADE

Ex-funcionário de uma grande empresa de material de construção da cidade, confidenciou ontem, 17, para essa coluna, que pedir ajuda na porta de restaurante é muito mais vantajoso. Segundo ele, é possível arrecadar entre cem a cento e cinquenta reais ao dia.

 

TOLERÂNCIA ZERO

O PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, abriu um processo para expulsão do deputado federal Yury do Paredão (CE), o que foi informado nesta segunda-feira, 17, pelo presidente da legenda, Valdemar Costa Neto, pelas redes sociais.

 

SE A MODA PEGAR…

A prefeitura de Belo Horizonte terá uma loteria própria para arrecadar dinheiro. A casa de apostas foi criada por lei publicada no último sábado, 15, no Diário Oficial (DOM) e prevê que quaisquer modalidades lotéricas previstas pela legislação federal possam ser exploradas pelo Executivo local. O objetivo é arrecadar recursos para aplicação em assistência social. A loteria será organizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) ou por parceria, concessão pública ou permissão firmada com a pasta.

7 Comentários

  1. Silvio disse:

    SINCERIDADE

    Quem dá dinheiro a pedintes pensando em estar ajudando o semelhante precisa saber que está ajudando o vagabundo a ser mais vagabundo. Ao dar dinheiro, a pessoa somente está assinando seu diploma de otário e prejudicando a cidade. Não são poucos os que chegam de outras cidades para pedirem aqui, pois é fácil ganhar dinheiro sem fazer nada em Araguari. Basta lembrar daquele da plaquinha de 0,25; dono de casas para locação e foi candidato a vereador em Uberlândia. Vamos continuar assinando o diploma? Não precisa tratar mal o semelhante, apenas não dar esmola basta.

  2. Junior disse:

    VAI COBRAR (…)

    Aproveita e fiscaliza se o 193 também teve a regionalização do atendimento, pois tá dificil falar com eles.

  3. Junaum disse:

    NA MOITA (…)

    Realmente está muito na moita, não fui agraciado com nenhuma pesquisa “ainda”.

  4. Eliane disse:

    A dificuldade em voltar o 190 para cá deve ser porque deve ter tido a votação dos demais deputados, porque são eles que aprovam, deve ser para fazer economia para eles e dificultar à vida das pessoas. Certa vez subiu uns caras aqui na minha rua Três e meia da madrugada levando carrinho de pedreiro e mais coisas, peguei o fixo e liguei ninguém atendeu, liguei do celular atenderam eu passei o endereço e o cara disse eu não conheço nada aí, eu falei é só você passar para a polícia que eles conhecem tudo aqui e no fim segundo ele disse que tinha passado as informações, agora se foram atrás eu não sei. Quanto mais às cidades crescem, mas eles diminuem as responsabilidades dos órgãos públicos com a população.

  5. Eliane disse:

    O Estado não quer saber de ter gastos com a população, queriam até jogar os anos iniciais das Escolas Estaduais nas prefeituras e outras coisas mais. Só fazem empenho quando é alguma coisa que vão de encontro a eles, tipo multas, coisas que rendem dinheiro, fianças mais baratas que é para incentivar a continuação dos crimes, o propósito é angariar dinheiro para os cofres públicos. Tudo nesse país em se tratando de público tem um propósito que vai de encontro à dificuldade.

  6. Eliane disse:

    Eu não dou dinheiro para ninguém, porque se acostumar essa prática eles nunca vão querer trabalhar e se ficar dando cestas básicas tem gente que vai querer viver de cestas, eu acho que tem que ensinar à pessoa a pescar e não dar o peixe sem contar que a pobreza só prolifera. Vivemos no capitalismo e ele dá toda a oportunidade da pessoa mudar e melhorar de vida, temos escola grátis até o Terceiro Colegial, ninguém precisa de escola linda, maravilhosa para aprender. Tem gente que quer ficar é nas ruas perturbando às pessoas e gostam de aglomerar é no centro, sem contar que tem gente que pede para trocar a troco de drogas e garotinhos de pinga.

  7. - disse:

    É um comentário mais besta e idiota que o outro kkkkkkkk

Deixe seu comentário: