Segunda-feira, 17 de Junho de 2024 Fazer o Login

Coluna: Radar (11/06)

ter, 11 de junho de 2024 08:50

PRESSÃO

Mesmo tendo Marcos Coelho, Maria Belém, Luciano Mazão, Fernando Gorayeb e Marlos Fernandes, todos como pré-candidatos a prefeitos pelo PSD e CIDADANIA, partidos ligados ao deputado Raul Belém, a informação é que foi iniciado um movimento para convencer Tubertino Sena a voltar atrás sobre sua decisão, e ser o candidato pelo grupo.

 

UNANIMIDADE

Na semana passada, Maria Belém, em entrevista, deixou claro que Tubertino Sena era o candidato preferido da oposição, mas, havia recuado e deixado a “briga” interna. Em uma reunião no final de semana, o empresário teria recebido um apelo para aceitar ser candidato.

 

SAÍA JUSTA

E o governador Zema (NOVO) preferiu ficar meio neutro na disputa pela prefeitura de Uberlândia. Até pelo fato de

dois deputados estaduais, Leonidio e Caporezo, estarem na briga. Já em Araguari, o partido Novo está com Renato Carvalho, mas, por outro lado, o deputado Raul Belém deve contar com a presença do governador durante a campanha, em apoio ao seu candidato a prefeito, mesmo sem apoio dos integrantes de seu partido.

 

NA MOITA

Por outro lado, Zema vem evitando “abraçar” campanhas para prefeito, optando em ficar neutro. Em 2020, o governador não conseguiu eleger seu candidato a prefeito na sua cidade, Araxá, e em outras cidades do estado. O PL já avisou que, caso Zema não entre na campanha para prefeito em Belo Horizonte, o governador não terá mais apoio da sigla, em eventual candidatura em 2026.

 

CALO

De corpo e alma na pré-campanha do deputado Leonidio Bolsas, o deputado federal Zé Vitor (PL) intensificou suas

agendas com lideranças na vizinha cidade, a ponto de incomodar o grupo de Odelmo.

 

CIRCULANDO

Já desligado da prefeitura, Wesley Lucas iniciou suas andanças pela cidade, e aguarda as convenções partidárias para engatar de uma vez na campanha.

 

FALANDO NISSO…

Filiada ao PRTB, a vice-prefeita Maria Cecília recebeu sondagens de partidos de oposição ao prefeito Renato Carvalho, mas ela descartou quaisquer chances de não caminhar com prefeito. Cecília que não descarta disputar uma vaga no Legislativo, e deve sentar, ainda nessa semana, com seu partido para decidir seu futuro.

 

CHAPA DE PESO

Quem aparentemente deve ter uma disputa tranquila, até o momento, pela prefeitura de Cascalho Rico, é o ex-

prefeito Dário Borges, que é pré-candidato a prefeito e, na sua chapa como vice, conta com o também ex-prefeito Dr. Fernando Borges. Ambos têm a maioria dos os pré-candidatos à Câmara Municipal.

1 Comentário

  1. Eliane disse:

    E o Zema viria aqui fazer o que? Dar uma volta pelos bairros que ele não fez nada.

Deixe seu comentário: