Sexta-feira, 12 de Agosto de 2022 Fazer o Login
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Coluna: Neuropsi (04/08)

qui, 4 de agosto de 2022 09:14

1-O que é ergofobia?

A ergofobia é uma palavra derivada do grego, sendo que ergon significa trabalho e phobos, medo.

É o medo anormal e persistente de trabalhar ou encontrar e manter um emprego. Trata-se de um medo irracional, ao estilo das demais fobias, que nem a pessoa que sofre consegue explicar direito sua razão de ser. A revista Psychology, Health and Medicine, em 2009, definiu a ergofobia como uma “reação de ansiedade fóbica com sintomas de pânico que ocorrem com o pensamento de aproximação do local de trabalho. 2-Quais são as causas da ergofobia?A ergofobia é de natureza psicológica e pode ser causada por diversos fatores, sendo a ansiedade o mais comum deles. Quem sofre de ansiedade generalizada tem maiores chances de desenvolver esta fobia. Outra causa pode ser o transtorno de agorafobia, que é o medo de estar entre pessoas ou de sair à rua.

A ergofobia é um medo verdadeiramente irracional, nem a pessoa que sofre consegue explicar direito como ela percebe o mercado de trabalho.3-Qual a característica da ergofobia?

Geralmente nesse caso, a pessoa acredita que não vai dar conta de trabalhar, manter contato com a família e que irá aos poucos perder o círculo social, desequilibrar o relacionamento amoroso, que não vai conseguir mais desfrutar momentos de lazer. Na maioria dos casos as pessoas que têm ergofobia, não são tímidas.A origem do transtorno é psicológica, pode ser causada por um trauma, onde em algum momento a pessoa foi muito sobrecarregada por tarefas, que talvez nem incluíam o emprego/trabalho em si. Outra causa disso, vem a ser o transtorno de agorafobia que é o medo de estar entre pessoas não muito conhecidas ou totalmente desconhecidas, assim como frequentar um lugar pela primeira vez.

 

4-Quais são as principais características clínicas da ergofobia?Na maioria dos casos, as pessoas que têm ergofobia não são tímidas e habitualmente são muito inteligentes. Infelizmente, a ergofobia pode destruir a vida financeira da pessoa e seus sonhos profissionais de adolescência. Tal fobia pode ser causada por diversos fatores, o mais potente deles pode ser a ansiedade. Quem sofre com o tipo de ansiedade generalizada tem chances de desenvolver isso.

Tal medo pode realmente ser uma combinação de outros medos, como por exemplo:· Medo de falhar em tarefas atribuídas que precisaram serem executadas;· Medo de não se socializar com as pessoas do ambiente de trabalho;· Medo de não ser capaz de conciliar a vida particular, social com a profissional.

 

5-Como o médico diagnostica a ergofobia?O diagnóstico da ergofobia é eminentemente clínico, mas depende de observação pessoal e longa, por vários anos, o que normalmente só pode ser feito por familiares ou pela própria pessoa. Pode ser difícil fazer os outros acreditarem de primeira que o que essas pessoas sofrem é algo que pode ser clinicamente diagnosticado. Muitas vezes, o termo é associado à vagabundagem, até que seja reconhecida sua natureza neurótica imperativa.6-Como o médico trata a ergofobia?O tratamento da ergofobia deve ser feito com psiquiatria, através de medicações ansiolíticas, e com psicólogo, por meio de psicoterapia. A psicoterapia comportamental pode ajudar o indivíduo a iniciar um trabalho, com suas técnicas de dessensibilização progressiva.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: