Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Direito e Justiça (05/10)

qui, 5 de outubro de 2023 08:09

Direito e Justiça:
– Justiça, o que é que fizeram com você? – (II)
FONTE (charge): Facebook.
• Onde termina a Lei, começa a tirania. – William Pitt (Político inglês – 1708/1778).
• A pior ditadura é a ditadura do Poder Judiciário. Contra ela não há a quem recorrer. – Rui Barbosa (Advogado, político, escritor e diplomata brasileiro – * 05.11.1849 / + 01.03.1923).
• De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto. – Rui Barbosa.
• O direito dos cidadãos à resistência: a resistência, segundo o filósofo John Locke, é um direito do ser humano desde o seu nascimento, por meio do qual o cidadão pode opor-se contra as leis impostas por tiranos, sempre objetivando o desenvolvimento humano e melhor condição para um povo. Segundo Locke, todos os seres humanos possuem direitos naturais e inalienáveis, como vida, liberdade, igualdade e propriedade privada. -John Locke  (filósofo inglês, conhecido como o “pai do liberalismo” – *29.08.1652 / + 28.10.1704).
• No decorrer da segunda metade do Século XVIII, esses direitos (naturais, inatos ou divinos) foram reconhecidos sucessivamente na Constituição dos Estados Unidos da América e na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão da Revolução Francesa. Já no Século XX, o reconhecimento (ainda mais ampliado) deu-se também através da Carta das Nações Unidas e ainda na Convenção Americana de Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), ambos assinados e há muito ratificados pelo Brasil.
• Esses direitos naturais são perpétuos, inalienáveis e irrenunciáveis. Todo e qualquer governo tem a obrigação de respeitá-los, sob pena de arriscar-se e legitimar a que os seus cidadãos adotem medidas para conservá-los ou restaurá-los, ou seja, poderão trocar um governo tirânico por um outro autenticamente democrático.
• O Pacto de São José – dentre muitos outros direitos e garantias –  garante e preconiza julgamentos justos e imparciais, o devido processo legal, o duplo grau de jurisdição, a razoabilidade e o respeito à dignidade humana.
• O Brasil ESTÁ DESCUMPRINDO O Pacto de São José da Costa Rica.
—————————————————————
Professor reprova a Turma inteira
  Um professor de economia em uma universidade americana (poderia ser aqui no Brasil) disse que nunca havia reprovado um só aluno, até que certa vez reprovou uma classe inteira.
Essa classe em particular havia insistido que o socialismo realmente funcionava com um governo assistencialista intermediando a riqueza. Diziam:
– Ninguém seria pobre, ninguém seria rico, tudo seria igualitário e justo.
O professor então disse:
– Ok, vamos fazer um experimento socialista aqui nesta classe. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas.
Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e, portanto, seriam justas. Todos receberão as mesmas notas, o que significa que, em teoria, ninguém será reprovado, assim como também ninguém receberá um 10.
Após calculada a média da primeira prova, todos receberam um 7.
Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado.
Quando a segunda prova foi aplicada, os preguiçosos estudaram ainda menos, pois eles esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Já aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Como resultado, a segunda média das provas foi 4.
Ninguém gostou…
Depois da terceira prova, a média geral foi 1.
As notas não voltaram a patamares mais altos, mas a desavença entre os alunos, a busca por culpados e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe.
A busca por “justiça” dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações, inimizade e o senso de injustiça que passaram a fazer parte daquela turma.
No final das contas, ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala…
Portanto, todos os alunos repetiram aquela disciplina.
E, o professor explicou:
– O experimento socialista falhou porque, quando a recompensa é grande, o esforço pelo sucesso individual é grande. Mas, quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros para dar aos que não trabalharam por elas, então ninguém mais vai tentar ou querer fazer o melhor de si.
Tão simples como os exemplos de Cuba, Coreia do Norte, Venezuela…
E o Brasil e a Argentina estão chegando lá…
Tudo isso acontece porque:
1 – Você não pode levar o mais pobre à prosperidade apenas tirando a prosperidade do mais rico;
2 – Para cada um recebendo sem ter que trabalhar, há uma pessoa trabalhando sem receber;
3 – O governo não consegue dar nada a ninguém sem que tenha tomado de outra pessoa;
4 – Ao contrário do que prega o socialismo, é impossível multiplicar as riquezas tentando dividi-las;
5 – Quando metade da população entende a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação.
Fonte: texto recolhido nas redes sociais.
Um texto de 1920:
– Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia, não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais do que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada e a honestidade se converte em autossacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar que a sua sociedade está condenada.
* Ayn Rand

3 Comentários

  1. ELIANE disse:

    Esse professor esteve de parabéns por essa demonstração com os alunos com pensamentos que não existem. Comunismo significa comum e não existe e ainda tem gente rica que enche a boca e fala que é comunista, mas não reparte a fortuna com ninguém. Os países que se dizem socialistas a maioria vive na pobreza e a riqueza está nas mãos de poucos. Cuba é uma pobreza só, as pessoas chegam a a ficar 5h na fila para comprar um alimento, a única igualdade é que a pessoa não é dona de nada, se fosse bom elas não fugiam nos barcos e viajavam 90km para alcançarem a Flórida. Na época do General Geisel eles tomavam sítios produtivos que a pessoa pegou um pedaço de terra no sertão e formou um sítio e eles iam lá e colocavam a pessoa para fora. Eu não sei de nenhum país socialista que esse sistema funciona, dizem que a Venezuela já foi muito rica nos anos Cinquenta e depois com esses governos populistas ela e outros países da América Central e do Sul estão depredados. E as próprias pessoas que tentam implantar não aceitam tomar nada delas para dar para ninguém.

  2. ELIANE disse:

    De 2003 para cá as coisas pioraram tanto com as leis cheias de brechas feitas pelos políticos, porque a justiça faz é o que está na lei e tudo que acontece de errado é culpa desses políticos que fazem o que querem e a população aceita. Seu um juiz dá uma sentença vem o outro e derruba. Só criaram leis para proteger os meliantes e por isso eles fazem o que querem e tudo que não presta apareceu saidinha para tudo, tem partido político que só gosta de fazer leis imprestáveis. Se tivesse punição severa nesse país muitas pessoas não estariam fazendo justiça com as próprias mãos. A constituição tinha que ser igual a dos Estados Unidos pequena, mas que resolvesse as coisas. Prisão Perpétua, Pena de Morte, acabar com menor idade em relação a crimes, acabar com saidinhas, prisão para familiares que vão levar drogas e celulares, acabar com esse pluripartidarismo e a prescrição de crimes.

  3. ELIANE disse:

    Ao invés de eleição deveria ser uma prova pesada com redação para fazer jus ao salário que a pessoa vai receber e quem for aprovado entra, assim a pessoa iria estudar e largar de ficar comprando votos a troco de pequenos favores como cesta básica que na maioria das vezes os produtos são pedidos nos supermercados e outras instituições, pois não tem coragem de tirar uma prata do bolso e também o candidato iria deixar de ficar enchendo as caixas de correios com papéis inúteis, a pessoa iria adquirir conhecimentos, iria pensar nos projetos para a cidade ou para o país, porque tem gente que só sabe fazer política falando mal do serviço do outro, gostam de colocar saúde no meio, mas esquecem que a roubalheira não deixa, por isso temos que preservar a saúde com bons hábitos e temos que cuidar da nossa segurança porque nesse país não tem punição para nada.

Deixe seu comentário: