Segunda-feira, 22 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Cantinho do Mário (29/01)

sáb, 29 de janeiro de 2022 08:06

CANTINHO DO MÁRIO

MUNDO DA LUA

Depois daquela noite de 30 de outubro de 1938, em que a rede de rádio CBS (Columbia Broadcasting System) interrompeu sua programação musical para noticiar uma suposta invasão de marcianos. A “notícia em edição extraordinária”, que era na verdade o começo de uma peça de rádio teatro, que não só ajudou a CBS a bater a emissora concorrente (NBC) como também desencadeou pânico em várias cidades norte-americanas. O programa durou apenas uma hora, mas marcou definitivamente a história do rádio e nove anos depois, quando “aconteceu” o famigerado caso Roswell, em julho de 1947, nos Estados Unidos da América, que fez a cabeça de muita gente ir para o espaço. Hoje, existem pessoas que vivem disso, são ufologistas, viajam o mundo inteiro em busca de evidências. Durante o caso de Varginha, 20 de janeiro de 1996, vários desses profissionais vieram ao Brasil constatar o fenômeno. Segundo eles, e a teoria da conspiração, militares americanos levaram uma das criaturas com eles. Em 5 de dezembro de 1977 o capitão da Aeronáutica Uyrangê de Hollanda Lima, a serviço do 1º Comando Aéreo Regional (Comar 1), de Belém, investigava suposta aparição de discos voadores no Pará, que começou com pessoas sendo atacadas por luzes que queimavam e deixavam marcas em seus corpos. Depois de muita verificação e fotos, a FAB mandou suspender a investigação, que inclusive estava sendo acompanhada por militares Norte Americanos, ‘‘como sempre’’. Afinal, o que há por traz disso? Eu acredito que existem extraterrestres: questão de lógica. Eu mesmo já vi algo diferente no céu: eram cerca de 16h quando saí com minha neta e a levantei sobre a cabeça. Deparei-me com aquela esfera azulada, que quase se confundia com o céu, e passou na direção: Supermercado União, Av. Bahia para o Bosque John Kennedy, à grande altura. Acompanhei-a até que sumiu no horizonte. Realmente tem muita coisa esquisita por aí, mas será que isso é motivo para as pessoas, de repente, se esquecerem da Terra e ficarem só olhando para cima? Na própria Bíblia há relatos que nos dão a entender que houve influência ou intervenção externa, que muitos consideram como divinos. “Eles” estão e sempre estiveram por aqui, não há dúvida, existem também os negacionistas. Há médiuns falando com extraterrestres, gente sendo abduzida. Tenho uma amiga que morre de medo dessas coisas. Há afirmações de que os “Arcturianos” estão chegando, que os “Greys” estão se engalfinhando com “playdianos”, e é tanta estória que não sabemos mais em que acreditar; e ainda temos os “intraterrenos”, que sempre viveram por aqui. É muito para minha cabeça. Uma coisa é fato: as pessoas parecem não se contentar com a realidade, precisam “do maravilhoso” para viver e fugir da realidade, umas vivem à cata de milagres, fenômenos, e fazem promessas, mas não movem uma palha para mudar e continuam materialistas. Que adianta querer se encontrar com uma cultura milhares de anos a nossa frente, tanto em tecnologia quanto em moral, enquanto ainda estamos na idade da pedra? Eles estão por aí, como num safari, invisíveis às feras. Não é proibido sonhar, mas devemos entender que nossos pés ainda estão grudados no chão. Enquanto não evoluirmos moralmente continuarão a correr de nós. Essas pessoas, comparadas conosco, provavelmente serão como anjos. Para encontrá-los temos que acabar com as guerras, sermos mais fraternos, acabar com a fome no mundo, crescermos moralmente e parar de viver no mundo da lua. Mas, nós sabemos que não queremos mudar, estamos por conta das maravilhas. Assim que vierem e derem bobeira, vamos matá-los e “comer no espeto”, como fazemos com tudo de bom e diferente que aparece por aqui.

MÁRIO FERREIRA.:

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: