Segunda-feira, 22 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Cantinho do Mário (20/06)

sáb, 20 de junho de 2020 10:16

Abertura-cantinho

Rui Porto e Argentina

Rui Porto e Argentina

RUI PORTO – Natural de Araguari, nascido aos 26.04.58. Pais: CANTINHO DO MÁRIO

Emilio Porto dos Reis e dona Maria José Porto. É casado com Argentina Dias Porto. Filha: Mariana, comerciante. Passou a infância e juventude em Araguari. É formado em História pela FAFI – Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Araguari, em Contabilidade Pela Escola de Comércio Machado de Assis, e em Óptica e Optometria pela Escola Nacional de Goiânia e Bebedouros – SP.  Tem pós-graduação em Ensino Interconfessional em Uberlândia. Em sua juventude, trabalhou em alguns estabelecimentos comerciais, locais como: Cafundó Boutique, Imperial Modas e posteriormente foi trabalhar na Moderna Ótica, onde ficou por onze anos. Por fim resolveu estabelecer-se e adquiriu a firma Nova Ótica, hoje Ótica Cristal, que fica localizada à Rua Rui Barbosa, 107. Telefone: 3241-0909.

Sua empresa oferece serviços de ótica em geral, consertos de óculos, ajustes, vendas de lentes e armações, e óculos solares. É um profissional competente, muito conhecido e procurado em Araguari. Já foi comentarista esportivo na Rádio Planalto, foi Presidente do PT, Tesoureiro da Associação Comercial e Industrial de Araguari, Diretor do CDL – Câmara dos Diretores Lojistas de Araguari, Vice-Presidente do Conselho Deliberativo do Pica Pau Country Club. É membro ativo da Igreja Católica de Araguari. Temos um amigo em comum, o Sebastião Cardoso de Farias, que o indicou para essa entrevista. Como ninguém, é perfeito é pescador. Lecionou História e Ensino Religioso por seis anos no Estado de Minas Gerais. Gente muito boa, humilde, sua simplicidade cativa a todos e um baita profissional. Meu super abraço ao Rui e seus familiares.

CASOS E HISTÓRIAS PITORESCAS DE ARAGUARI

Todos os dias, mais ou menos 07:00 horas, vou ao supermercado, comprar pão para minha “marida”. Um dia destes, quando saí portão afora, dei de cara com quatro simpáticos bucéfalos. Uma égua, dois potros e um cachorro que vinha os acompanhando. Fiquei olhando a inusitada comitiva, tirei duas fotos e coloquei no Facebook, pra que meus amigos pudessem também curtir aquela cena, no mínimo pitoresca.  O Zé também saiu portão afora, me cumprimentou sorriu e comentou: “-No Nordeste, os jumentos estão sendo substituídos por motos, aqui com o progresso os Equus ferus caballus, estão se tornando parte da comunidade. Não demora terão RG, CPF, basta que comece um movimento e não vai faltar quem os apoie.” Deu uma boa risada e foi embora. Pensando bem, as coisas estão meio loucas. Daqui a pouco vai ser proibido sorrir, sob pena de estar discriminando os banguelas. Quem não tem dinheiro…

                                                               MÁRIO F. S. JÚNIOR

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: