Segunda-feira, 22 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Cantinho do Mário (13/03)

sáb, 13 de março de 2021 00:00

O SENTIDO DA VIDA

Nascer, crescer aprender, viver e morrer, será que é isso? Será que somos simples marionetes? Ou… somos artífices de nosso destino e damos sentido à vida? A filosofia é a arte do “porquê”, sem ela ainda estaríamos nas cavernas. O ser humano se diferencia dos animais porque raciocina, embora existam animais que são mais humanos que os racionais, é um paradoxo. Analisar, refletir e ponderar são modalidades do ato de ouvir, sem a observação nós somos cegos, surdos e mudos. O mundo seria um lugar muito melhor, se tivéssemos ouvidos de ouvir e olhos de ver. A conveniência prepondera, quem ouve, aprende, quem fala, doutrina. Só aquele que se aplica aos bons costumes será capaz de multiplicar o bem, entretanto, dizem que o bem é tímido e o mal é audaz, assim, uma minoria é capaz de dominar multidões, arrastá-los, fazer revoluções, escravizar povos, iludir as pessoas, são capazes de tomar o único pão que o cidadão tem e ainda recebem um ‘muito obrigado’. O ser humano que não quer se instruir se assemelha ao carvalho que não quer se dobrar frente a ventania e acaba com as raízes para cima. A maioria mesmo sabendo que está sendo prejudicada, não dá o braço a torcer, o orgulho fala mais alto, e aonde ele nos leva?  A vida em si é um conjunto divino de experiências. Cada existência isolada, oferece ao homem o proveito de novos conhecimentos e, quando somamos o nosso conhecimento ao do nosso próximo, enriquecemos, multiplicamos nossas oportunidades de evoluir e dar certo na vida. Mas, não podemos nos esquecer do tempo e seus valores infinitos, cada um tem seu tempo, e abusamos dessa concessão divina e quando acordamos para a realidade da vida estamos idosos e não teremos mais tempo para corrigir nossos erros. Uma das maiores preocupações do homem é alijar o fantasma do medo da sua estrada, o medo, manieta, causa torpor, paralisa, aleija a criatura. No mecanismo das realizações diárias, não é possível esquecer aquela expressão de confiança em si mesmo, contudo a temeridade tem enchido os cemitérios, asilos, hospitais e outros, temos que ser racionais. O que é que a repetição nos ensina? Que não chegaremos a perfeição sem a mesma. A vida é uma escola onde uns são aprovados e outros são reprovados temporariamente, embora digam que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, a vida desmente o ditado, todos podemos mudar nosso futuro para pior ou para melhor. As oportunidades são infinitas, há lugar para todas as criaturas e para as ideias sadias, as negativas encontrarão seu termo. Estamos vivendo dias de escuridão, é necessário que acendamos nossa luz, sem a irradiação brilhante de nosso próprio ser não poderemos passar para nossos semelhantes a esperança de que carecem e assim perderão o sentido da vida, avançar sem luz é impossível. Permita-se sentir saudade, mas não deixe que a dor o deixe cego, outros precisam de você, reaja, tudo passa, Deus é amor. O sentido da vida é a caridade.  Fiquem em paz.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: