Terça-feira, 25 de Junho de 2024 Fazer o Login

Circulação de animais domésticos no Bosque é pauta de audiência pública na Casa da Cultura

qua, 22 de maio de 2024 13:55

Da Redação

A permissão se dará apenas aos animais que estejam presos a coleira e guia
Divulgação

Ter um animal de estimação em casa pode trazer vários benefícios para a qualidade de vida das pessoas. Estudos apontam que ter um cachorro, um gato ou qualquer outro animalzinho, colabora para a melhora psicológica e

emocional do ser humano, resultando na redução da pressão arterial e consequentemente no risco de desenvolver uma doença cardíaca, além da melhora da qualidade do sono e na diminuição do estresse.

Conforme a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil é o terceiro país do mundo com animais domésticos, estimando que 139 milhões de bichinhos vivam com famílias no país.

Ressalta-se que, os benefícios de se ter um animalzinho de estimação são presentes tanto para adultos quanto para as crianças. Nos pequenos, passear e brincar com o bichinho pode estimular o desenvolvimento social e emocional, além do senso de cuidado dessa criança. Pensando nas vantagens que os animais domésticos trazem para a sociedade, em 2019, foi criada a Lei nº 6.218, de 3 de outubro de 2019; que permite a circulação de animais domésticos no Bosque John Kennedy, e dá outras providências.

De acordo com a lei, é permitida a entrada de cães e gatos no Bosque John Kennedy. A permissão se dará apenas aos animais que estejam presos a coleira e guia sendo acompanhados pelos seus donos. Além disso, os tutores devem portar coletor e/ou sacolas de lixo, sendo o dono do animal responsável pela limpeza das fezes.

Anos depois que essa lei entrou em vigor, a Prefeitura de Araguari, através da Secretaria de Meio Ambiente tem recebido várias reclamações a respeito da circulação de animais domésticos no Bosque, pois muitos tutores não

cumprem o que foi determinado, deixando de recolher as fezes de seus animais e/ou andando com eles sem as coleiras e guias. Isso tem gerado muitos transtornos para quem passa pelo local e para a prefeitura, que tenta manter a segurança e a limpeza do Bosque, que é um dos lugares mais procurados pelos araguarinos para fazerem caminhada, corrida ou simplesmente para o lazer.

Por conta desse impasse, hoje, 22, às 18h, na Casa da Cultura “Abdala Mameri”, será realizada uma audiência pública para tratar sobre a Lei nº 6.218, de 3 de outubro de 2019. Segundo a secretária de Meio Ambiente, Karla Fernandes, essa reunião foi solicitada pelo Ministério Publica e visa resolver a questão da melhor forma. Além disso, a secretária convidou toda a população para participar da audiência, sugerindo soluções e tirando as dúvidas.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: