Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Chineses não tiram o “Brocador” Hernane do Flamengo

sex, 28 de fevereiro de 2014 01:52
Hernane disputou 80 partidas e marcou 44 gols pelo Rubro-negro. Foto: Divulgação

Hernane disputou 80 partidas e marcou 44 gols pelo Rubro-negro. Foto: Divulgação

DA REDAÇÃO – Após inúmeros pedidos na noite da última quarta-feira, na vitória por 3 a 1 sobre o Emelec no Maracanã, a torcida do Flamengo pode respirar aliviada: Hernane não vai deixar o time da Gávea. Por conta da falta de garantias bancárias do Shangai Shenhua, jogador, empresário e dirigentes do Rubro-negro resolveram não aceitar a proposta de R$ 11,2 milhões (3,5 milhões de euros) e encerraram as conversas com os chineses confirmando a permanência do “Brocador”.

A negociação, que chegou a ser dada como certa por membros da diretoria na terça-feira, ganhou novos capítulos anteontem. O vice-presidente de futebol Wallim Vasconcellos informou que as chances de Hernane ser mantido na Gávea eram consideráveis, pois o clube não havia recebido qualquer garantia bancária dos chineses, além de Hernane estar em dúvida sobre uma saída repentina para o outro lado do mundo.

“Ninguém sai do Flamengo se não nos pagarem ou derem garantias. Foi-se o tempo em que o Flamengo vendia fiado para alguém. É mais uma proposta que não se confirma”, disse Wallim Vasconcellos.

Após o jogo contra o Emelec na Copa Libertadores, o Brocador confirmou que não tinha certeza sobre seu futuro e que uma resposta sairia nesta quinta-feira.  Promessa cumprida, e com um final feliz para os rubro-negros, que mexeram com o jogador durante a partida no Maracanã.

“Esse carinho todo mexe comigo. Esses pedidos [Fica, Hernane] são muito legais. Estou em dúvida, mas na quinta-feira decido isso com meu empresário”, prometeu o artilheiro.

Após o jogo, Hernane recebeu ainda pedidos de companheiros no vestiário. O experiente Elano revelou que deu conselhos ao Brocador para que o mesmo não aceitasse qualquer proposta ou saísse para um “tiro no escuro”.

Era necessário que as garantias chegassem, o que não ocorreu. O histórico da equipe chinesa, que deixou de pagar contratações como os craques internacionais Didier Drogba e Nicolas Anelka, também fez o Flamengo repensar a ideia da venda e não ceder Hernane sem qualquer garantia.

Contratado no meio da temporada 2012 após um bom Campeonato Paulista pelo Mogi Mirim, Hernane não conseguiu se adaptar inicialmente e marcou apenas três gols naquele ano. Em 2013, a sorte virou. Questionado no início do ano, o Brocador se tornou unanimidade e ídolo da torcida após os 36 gols marcados. Campeão e artilheiro da Copa do Brasil, ele foi o principal goleador do Campeonato Carioca.

Em pouco mais de um ano e meio de Mengo, Hernane disputou 80 partidas e marcou 44 gols. E o jogo de quarta-feira, que poderia marcar o adeus do jogador, foi apenas mais um do artilheiro. O atacante estará em campo amanhã, para defender o Rubro-negro contra o Nova Iguaçu pelo certame estadual.

1 Comentário

  1. ELIZANGELO BORGES DE OLIVEIRA disse:

    Boa noite! HERNANE um cara simples dedicado que supriu toda sua dificuldades,e alcançou seu objetivo na carreira,vestir a camisa do mengão e ser campeão;que DEUS te abençoa hoje e sempre amém….uma vez flamengo sempre flamengo;flamengo sempre eu ei de ser é meu maior prazer;ganhar do vasquin,principalmente com o gol do PET INESQUECIVÈL….2001,VOCES SE LEMBRAM TORCIDA DO VASQUIN….

Deixe seu comentário: