Sexta-feira, 17 de Maio de 2024 Fazer o Login

Cemig e Corpo de Bombeiros alertam para perigos no desfecho das férias

sex, 17 de janeiro de 2014 00:57

Acidentes automobilísticos lideram atendimento durante o período

P.J. GODOY – Uma  época de descanso e diversão interrompida pela falta de simples cuidados. A menos de um mês do desfecho das férias escolares, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e o 8º Pelotão de Bombeiros Militar alertam para os riscos provocados pela imprudência de moradores.

Com o aumento do período em domicílio, cenas de acidentes inesperados envolvendo crianças podem se tornar cada vez mais frequentes. Para evitar essas situações, o sargento do Corpo de Bombeiros, Lucenildo Batista Alves, apontou algumas precauções a serem adotadas pelos familiares. Ainda assim, segundo ele, a principal preocupação permanece nas ruas locais.

“Desde o fim de 2013, identificamos um número grande de pessoas envolvidas em acidentes automobilísticos dentro do perímetro urbano. Felizmente, não tivemos muitas solicitações de afogamentos, choques elétricos ou outros perigos presentes durante o período. Mesmo assim, as famílias devem ficar atentas, principalmente com as crianças, deixando equipamentos energizados desligados na ausência de responsáveis e materiais de risco fora do alcance”, alertou.

Diante da quantidade de pessoas que retornam ao município durante o mês, o militar atribuiu outras indicações para evitar eventuais transtornos. “Para aqueles que optaram por viajar, a orientação é verificar se há vazamento de gás ou demais irregularidades na parte interna da residência antes de ligar qualquer aparelho, pois pode criar uma fagulha no interruptor, causando até explosão. Em qualquer situação de perigo, basta ligar para o 193 o mais rapidamente possível”, completou.

Em nota enviada por meio do governo estadual, a Cemig reforçou os cuidados a serem tomados no restante das férias, sobretudo, com a rede elétrica. De acordo com a empresa, os pais e responsáveis devem ficar atentos com a proximidade das crianças e fios de eletricidade. Em caso de tempestades, aparelhos eletrônicos devem ser mantidos fora da tomada, garantindo a segurança dos moradores. Outro risco, segundo a companhia, está escondido nos chuveiros, onde a possibilidade de choques se torna ainda maior quando manuseado ligado.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: