Terça-feira, 23 de Abril de 2024 Fazer o Login

Carnaval 2014: Escolas de samba adiantam os preparativos para o desfile deste ano

qua, 19 de fevereiro de 2014 03:45
No dia 3 de março, “Arrastão do Miranda” e “Mocidade Independente” desfilarão rumo ao melhor desempenho em Araguari. Foto: Arquivo

No dia 3 de março, “Arrastão do Miranda” e “Mocidade Independente” desfilarão rumo ao melhor desempenho em Araguari. Foto: Arquivo

P.J. GODOY – Na última semana, diversas atrações foram divulgadas para o Carnaval de Araguari. Durante cinco dias, os cantores Luan Santana, Leandro Lopes (ex-Rapazolla), Thiago Brava e a dupla sertaneja Henrique e Juliano subirão ao palco do Parque de Exposições “Rondon Pacheco”. Apesar dos grandes shows, as tradições também devem ser mantidas este ano.

No dia 3 de março, “Arrastão do Miranda” e “Mocidade Independente” desfilarão rumo ao melhor desempenho em Araguari. Nos momentos que antecedem a apresentação, as agremiações receberam uma importante oportunidade a fim de capacitar seus integrantes, com várias oficinas oferecidas pela bateria da Velha Guarda da Mangueira.

Sobre os preparativos das escolas de samba, a presidente da Fundação Araguarina de Educação e Cultura (Faec), Carmen Valente Alvim, ratificou a confiança em um rendimento promissor.  “Nosso objetivo é capacitar as agremiações cada vez mais e oferecer oportunidades que os musicistas não recebem em Araguari. Trazemos a bateria da Mangueira, levaremos os blocos para os distritos de Amanhece e Piracaíba e estaremos acompanhando os preparativos para um ótimo desfile no próximo mês”, garantiu.

Atual campeã do Carnaval, a “Arrastão do Miranda” recebeu R$ 13.500,00 de subvenção da prefeitura, em virtude de uma penalidade em relação ao ano anterior. A escola iniciou os preparativos em janeiro, projetando um desempenho com quatro carros alegóricos e mais de 250 integrantes. Foi o que informou o mestre de bateria, Roger Pedro da Silva.

“Estamos nos preparando bastante. No samba enredo, iremos destacar um tema que infelizmente está bastante atual, que é a discriminação racial. Abordaremos no samba enredo desde os tempos da escravidão, levando o nome da Xica da Silva, uma pessoa que lutou bastante por essa causa. Contamos com uma equipe talentosa que certamente irá trazer novidades para este ano, mas estamos aguardando como será distribuído na avenida, pois enfrentamos várias dificuldades para colocar os carros no Parque de Exposições em 2013”, ressaltou.

Presidente da “Mocidade Independente” há mais de cinco anos, Genival Martins da Silva também divide a preocupação quanto à realização da festividade. Para ele, que trouxe a experiência conquistada quando residia no Rio de Janeiro, a falta de apoio é recorrente em Araguari.

“Dependemos apenas da subvenção do governo. Receberemos R$ 15.000,00. Mesmo assim, a estrutura é pouca. Nesses quase seis anos que estamos em Araguari, lidamos com diversas dificuldades. No último Carnaval, nos sentimos bastante prejudicados por alguns jurados, mas não iremos desistir. O samba está no nosso sangue e vivemos disso. O que precisamos é que os representantes locais ofereçam o verdadeiro valor para essa cultura, o que há muito não ocorre. Diante de experiências anteriores, preferimos manter o samba enredo em sigilo”, completou.

1 Comentário

  1. ingrid disse:

    e muito lindo e eu falo porque essa cidade e aonde eu vivo mas não e porque eu vivo que eu vou fala mal da minha querida cidade

Deixe seu comentário: