Segunda-feira, 22 de Abril de 2024 Fazer o Login

Cantinho do Mário – Walter Soprazentti Júnior (Valtinho)

sáb, 29 de junho de 2019 05:34

Abertura-cantinho

Natural de Araguari, nascido aos 30 de julho. Pais: Walter Sopranzetti (Bolinha) e dona Dejanira dos Santos Sopranzetti. Passou a infância e juventude em Araguari. Fez o primário no Externato Bom Jesus com a dona Wanda, o ginásio e colegial na Escola Estadual Professor Antônio Marques. É formado em Direito pelo Cesuc – Centro de Ensino Superior de Catalão e possui sua Carteira de Habilitação da OAB.

Walter Soprazentti Júnior (Valtinho)

Walter Soprazentti Júnior (Valtinho)

 

Desde muito jovem acompanhava seu pai na labuta diária na Pizzaria Corujão que inicialmente estava estabelecida na rua Brasil Accioly até 1976 e no ano seguinte se transferiu para a avenida Tiradentes. Junto com o Bolinha aprendeu a profissão de Pizzaiolo.

Com o falecimento de seu pai em 2001, optou em manter o comércio a exercer a profissão de Advogado. Permaneceu naquele endereço por 12 anos, até que em 2013, mudou-se para a rua da Glória esquina com rua Amapá. Seus fregueses o acompanharam. Sem dúvida é uma das melhores pizzas que consumi e o atendimento é de primeira.

O ambiente é familiar, tranquilo e recomendável para quem quer dar uma folga para a marida. É um prédio muito espaçoso. Além das pizzas, serve sanduíches, porções e outros. Faz entregas. O horário de funcionamento do estabelecimento é das 19h até a 1 hora.

O Valtinho é muito educado, cativa a tantos quantos o conhecem; é um xerox do saudoso Bolinha. É muito honesto, trabalhador e uma pessoa feliz, bom estar ao lado dele.

Um super abraço ao meu amigo que não fala em crise, trabalha.

CASOS E HISTÓRIAS PITORESCAS DE ARAGUARI

O Zé é o filho mais novo de uma prole de nove irmãos e tem um cunhado, o João que tem 45 anos de casado. Seu cunhado pena. O Zé sempre aprontando com ele.

Estes dias estávamos reunidos num bate papo legal, quando sem mais nem menos ele se levantou e provocou um escândalo e uma crise de risos no meio dos presentes.

“-Vocês sabem a última do João?”  Pensamos lá vem gozação. Ele não se fez de rogado e falou:

– “Minha irmã estava preocupada e falou com ele:

“ -João você não me procura mais.” Então ele respondeu:

“-Mas você não esconde!”

explicado. Quem não tem dinheiro….

MÁRIO F.S. JÚNIOR

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: