Segunda-feira, 22 de Abril de 2024 Fazer o Login

Cantinho do Mário – Fernando Gonzaga e Silva

sáb, 14 de março de 2020 05:13

Abertura-cantinho

Natural de Araguari, nascido aos 19 de novembro Pais: Amarildo Martins da Silva e dona Wilma Gonzaga de Oliveira e Silva. Solteiro. Passou a infância e juventude em Araguari. Fez o primário no Colégio Dom Bosco, passou pelo Centro Educacional Municipal Hermenegildo Marques Veloso e completou o ensino médio na Escola Estadual Isolina França Soares Torres. Atualmente, cursa Gestão Comercial.

Desde muito jovem, trabalhava com seu pai na feira livre. Foi office boy, por seis meses e posteriormente fez um concurso público para o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais em 2019 sendo aprovado. Hoje é cabo.

Fernando Gonzaga e Silva

Fernando Gonzaga e Silva

 

Fez diversos cursos de especialização como: mergulho, piloto de embarcações e salvamento terrestre. Recebeu diversas comendas denominadas Nota Meritória por seu desempenho na instituição. Auxiliou no salvamento das vítimas dos deslizamentos de Brumadinho.

Em 2014, juntamente com sua mãe e seu pai fundaram a Escola de Educação Infantil Colégio Visionário. Devido à profissão de Bombeiro Militar, seu pai e sua mãe ficaram na administração do Colégio.

Com a aposentadoria de sua mãe, o pai ficou sobrecarregado e foi preciso sua intervenção, assumindo assim, a gestão da empresa.

A vida dá essas voltas, o Colégio cresceu, modernizou e melhorou a qualidade de ensino. O Fernando procurou novos modelos aplicando nova didática, se atualizou e adequou a estrutura a sua dinâmica.

Estivemos no local quando dessa entrevista e tivemos uma ótima impressão, muito bom gosto, limpeza e qualidade. Muitas crianças alegrando o ambiente.

Hoje sua noiva Thaís Gomes Vaz, Psicóloga assumiu a gestão do Colégio. Uma pessoa muito simpática e dinâmica. Uma Psicóloga e um Bombeiro, nunca uma parceria deu tão certo.

O Fernando faz parte do quadro da Loja Maçônica União Araguarina.  O Colégio Visionário fica localizado à avenida Batalhão Mauá nº 1105. Telefone: 3513-7031.

CASOS E HISTÓRIAS PITORESCAS DE ARAGUARI

na moda e vou contar uma do Zé. Ele faleceu, contudo fui testemunha de uma história contada por ele.

Chegou em sua fazenda e ao entrar na casa principal se espantou com a bagunça. Mataram três cevados e encheram duas latas de banha que foram colocadas sobre a mesa para ele vender na cidade. As latas estavam no chão e a banha derramada.

Gritou pela esposa do caseiro que respondeu lá do fundo:

– “Seu José! Aquele negócio foi embora?”

Ele olhou em volta e não viu nada. Respondeu afirmativamente. Finalmente ela apareceu meio desconfiada olhando pra todo lado. O Zé não cabia de curiosidade e perguntou a causa daquela bagunça.

– “Foi uma luz seu Zé, que apareceu do nada e veio voando baixo e chegou até a porta da casa. Eu corri pra dentro e me escondi debaixo da cama. Os cachorros ficaram doidos derrubaram a banha e correram pela casa toda.”  Aí ele perguntou:

“-E o Tião? Cadê ele?”

Ela apontou pra reserva da fazenda.

Ele foi até lá e achou o Tião com um baita corte na perna. Havia se machucado no arado. O Zé perguntou:

“-Que luz é essa?”

Ele ainda traumatizado apontou para o céu onde uma pequena luz cor de rubi pairava pouco abaixo das nuvens.

Quem não tem dinheiro….

MÁRIO F. S. JÚNIOR

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: