Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Campanha incentiva a doação de lacres de latas de alumínio

sáb, 12 de julho de 2014 01:18

SAMARA ARRUDA – Lacres de alumínio das tradicionais latinhas de bebidas podem ser trocados por cadeiras de rodas. A campanha que começou em Marilia (SP), atualmente incentiva a doação dos anéis de alumínio também em Araguari.

Ao conhecer a iniciativa, o presidente do Moto Clube Motocólatras resolveu apostar na ideia. Segundo contou, o clube ganhou a primeira cadeira de rodas e a reformou em 2012. O esforço deu certo: a entidade conta com 16 cadeiras de rodas, oito cadeiras de banho,11 muletas, três andadores, uma bengala canadense e um colchão especial.

“Com apoio de todas as pessoas que abraçaram a causa, hoje o Moto Clube possui vários equipamentos que são emprestados àqueles que necessitam. A nossa intenção é proporcionar uma melhoria na qualidade de vida dessas pessoas. Para isso, fazemos o cadastro e de três em três meses, entramos em contato, a fim de saber se é preciso fazer alguma manutenção,” explicou.

Para conseguir a cadeira de rodas são necessárias 130 garrafas pet de dois litros cheias.  Em Marília, uma metalúrgica recebe os lacres de alumínio e, em troca, doa cadeiras de rodas para ajudar crianças. No município mineiro, conforme contou Leonardo Magalhães, não foi possível reunir os lacres para enviar à metalúrgica devido aos gastos e à falta de apoio, assim, os materiais são vendidos a cada dois meses na cidade vizinha, Uberlândia.

Sobre o sucesso da campanha, o presidente assegurou que não há prazo para terminar e assegurou que o Motocólatras, além de ser um espaço para reunir amigos e familiares, se solidariza com a população e tem a ciência da importância de ajudar o próximo.

Ao todo, são necessários aproximadamente 380.000 anéis para a compra de uma cadeira. Por isso, cada contribuição é bem-vinda. ”A família Motocólatras agradece o apoio de todas as pessoas que estão empenhadas em nos ajudar. Aqueles interessados em realizar doações ou conhecer o projeto podem entrar em contato com o Moto Clube,” completou.

Para outras informações, os membros se colocam à disposição através dos telefones: (34) 8806-5781 falar com Leonardo Magalhães; (34) 8844-0170 – Neilton Resende ou ainda (34) 8888-1770 – João Honorato.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: