Quinta-feira, 15 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Caixa Econômica tem novo gerente geral

ter, 22 de julho de 2014 00:57
Vilarinho foi transferido para a cidade de Uberaba
Aldo Vianey do Couto foi empossado na manhã de ontem. Foto: Gazeta do Triângulo

Aldo Vianey do Couto foi empossado na manhã de ontem.
Foto: Gazeta do Triângulo

ADRIANO SOUZA – A agência da Caixa Econômica Federal de Araguari tem novo Gerente Geral. Aldo Vianey do Couto, 42 anos, assumiu ontem o cargo substituindo Horácio Vilarinho Junior que exercia a função desde 2011. A reportagem da Gazeta do Triângulo esteve ontem na agência para conhecer o novo gerente, e para que ele nos falasse a respeito de suas expectativas e, claro, se existe alguma novidade em termos de Araguari.

Aldo Couto é natural da cidade de João Pinheiro – MG, mas sua esposa e filha são araguarinas e há vinte e cinco anos trabalha para a Caixa Econômica Federal. Anteriormente ele estava na agência da CEF no Luizote em Uberlândia. Sobre o desafio agora frente à agência de Araguari, ele disse que dará continuidade aos projetos em andamento ou que ainda serão firmados com o  município e para isso espera buscar sempre esse objetivo. Sobre a sonhada segunda agência em Araguari, ele lembrou que vai trabalhar para essa conquista, mas, por estarmos em ano eleitoral, dificulta a abertura de novas unidades.

Horácio Vilarinho Junior, que estava em Araguari desde 2011, foi transferido para a agência São Benedito na cidade de Uberaba.  Foto: Gazeta do Triângulo

Horácio Vilarinho Junior, que estava em Araguari desde 2011, foi transferido para a agência São Benedito na cidade de Uberaba. Foto: Gazeta do Triângulo

A posse aconteceu ontem mesmo pela manhã com a presença do superintendente regional que oficializou a mudança. Horácio Vilarinho Junior assumirá a agência São Benedito em Uberaba. A história dos 64 anos da agência da Caixa Econômica Federal em Araguari começou em 22 de abril de 1950. Nesta data, a edição nº 844 do ano XV da Gazeta do Triângulo trouxe em sua capa as primeiras movimentações iniciadas por Manoel França Campos, então presidente da Caixa Econômica Federal em Minas Gerais.

Na ocasião, Manoel ordenou a instalação da agência local através de dois integrantes do alto escalão de funcionários da CEF de Minas Gerais: Antônio Castro Almeida (Inspetor da CEF) e seu irmão Cyro de Castro Almeida, gerente da agência de Uberlândia. Ao chegar a Araguari, ambos procuram João Rodrigues da Cunha, então presidente do partido PSD local; o senhor Coletor Federal, Jorge Caetano de Alencar; Antônio Boaventura Sobrinho e Genésio Batista de Melo que seria então gerente da agência da Caixa em Araguari.

Na carta oficial de instalação da agência escrita a punho, trazia os seguintes dizeres: Caixa Econômica Federal, O Banco do Povo. “Contará a nossa cidade, dentro de poucos dias com uma agência da Caixa Econômica Federal, a dinâmica organização de crédito que nas praças onde se instala, aumenta desde logo a confiança do povo e coloca em realidade o sonho de cada um na economia própria. As Caixas Econômicas surgiram no Brasil em caráter oficial em 1860, amparadas pela Lei nº 1083, de 22 de agosto do mesmo ano, que lhes deu a forma de estabelecimento público, subordinados ao Tesouro Nacional que assumiu a garantia da restituição dos depósitos feitos a partir de 5,00 réis, todas as transações com garantia do governo federal”. Agência de Araguari, Edifício José Rocha.

1 Comentário

  1. Claudio disse:

    Isso é que eu não entendo Ituiutaba menor que Araguari, estão construindo uma segunda agência. enquanto isso a gente se espreme dentro dessa agência.

Deixe seu comentário: