Segunda-feira, 22 de Abril de 2024 Fazer o Login

Caged: município gera 504 novos empregos formais em fevereiro

ter, 11 de abril de 2023 08:06

Da Redação

Quatro dos cinco ramos de atividades pesquisados apresentaram saldo positivo

Recentemente, o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) apresentou o balanço relativo ao mês de fevereiro deste ano, os dados apontam que a economia em Araguari teve fechamento positivo referente ao mercado de trabalho e à economia, pois no município foram criadas 1.656 vagas de emprego e no mesmo período aconteceram cerca de 1.152 desligamentos, o que gerou um saldo de 504 empregos.

O setor de serviços foi o que apresentou o melhor resultado, sendo 951 admissões e 418 desligamentos, o que gerou um saldo de 533 empregos formais.

No setor da agropecuária, houveram 84 admissões e 66 desligamentos, o que gerou um saldo 18 empregos.

No setor da indústria aconteceram 223 admissões e 279 desligamentos, o que resultou em um saldo negativo de 56 empregos.

Na construção, 100 cidadãos foram admitidos, 94 pessoas foram desligadas, gerando o saldo de 6 novos empregos formais.

No comércio foram 298 admissões, 295 desligamentos, o que gerou um saldo negativo de 3 empregos.

Vale destacar que, o SINE de Araguari disponibiliza diariamente várias vagas de emprego, todavia grande parte delas necessita de qualificação específica e/ou experiência comprovada na Carteira de Trabalho. Apesar disso, algumas oportunidades são oferecidas para quem busca o primeiro emprego ou mesmo para quem não tem experiência. A SEDESE, através do SINE disponibiliza, aproximadamente 700 cursos gratuitos de qualificação, no formato à distância. Os trabalhadores podem acessar o catálogo de cursos, através do endereço: https://social.mg.gov.br/trabalho-e-emprego/educacao-profissional/catalogo-de-oportunidades-de-qualificacao-ead

No Brasil, de acordo com os dados do Caged, 241.785 postos de trabalho com carteira assinada foram abertos no último mês. Na divisão por ramos de atividade, quatro dos cinco setores pesquisados criaram empregos formais em fevereiro. A estatística foi liderada pelos serviços, com a abertura de 164,2 mil postos, seguido pela indústria, com 40.380 postos a mais. Em terceiro lugar, vem a construção civil com a criação de 22.246 postos de trabalho. O comércio apresentou um saldo negativo de 1.325 empregos.

Todas as regiões do Brasil geraram empregos com carteira assinada em fevereiro. O Sudeste liderou a abertura de vagas, com 110.575 postos a mais, seguido pelo Sul, com 63.309 postos. Em seguida, vem o Centro-Oeste, com 29.959 postos. O Nordeste abriu 23.164 postos de trabalho. Após dois meses sucessivos extinguindo empregos formais, o Norte criou 12.456 vagas formais no mês passado.

Em Minas Gerais, 216.617 trabalhadores foram contratados em fevereiro de 2023, no mesmo período 189.634 pessoas foram desligadas de suas funções, o que gerou um saldo de 26.983 empregos.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: