Segunda-feira, 17 de Junho de 2024 Fazer o Login

Caged: Araguari apresenta saldo negativo de 72 empregos formais em junho

qui, 3 de agosto de 2023 08:06

Da Redação

O Brasil apresentou saldo positivo na geração de postos de trabalho com carteira assinada em junho
Divulgação

No dia 27 de julho, o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) apresentou o balanço relativo ao mês de junho deste ano, os dados apontam que a economia em Araguari teve fechamento negativo referente ao mercado de trabalho, pois no município foram criadas 1.180 vagas de emprego e no mesmo período aconteceram cerca de 1.252 desligamentos, o que gerou um saldo negativo de 72 empregos.

O setor da agropecuária foi o que apresentou o melhor resultado, sendo 116 admissões e 63 desligamentos, o que gerou um saldo de 53 empregos formais.

No setor de serviços, houveram 409 admissões e 545 desligamentos, o que gerou um saldo negativo de 136 empregos.

No setor da indústria, aconteceram 229 admissões e 244 desligamentos, o que resultou em um saldo negativo de 15 empregos.

Na construção, 150 cidadãos foram admitidos, 106 pessoas foram desligadas, gerando um saldo de 44 empregos formais.

No comércio foram 276 admissões, 294 desligamentos, o que gerou um saldo negativo de 18 empregos.

O SINE de Araguari disponibiliza diariamente diversas vagas de emprego, mas grande parte delas precisa de qualificação específica e/ou experiência comprovada na Carteira de Trabalho.

Segundo apurado pelo Jornal Gazeta do Triângulo, em julho, 131 vagas de empregos foram disponibilizadas e 19 cidadãos foram admitidos. Ontem, 2, haviam 68 vagas disponíveis e as áreas/cargos com maior número de vagas eram Controle de Qualidade, empregado doméstico, Linha de Produção, pintor de obras e vendedor.

Vale mencionar que, em algumas empresas os processos de seleção possuem várias etapas, por esse motivo podem demorar meses para serem concluídos, ou seja as admissões nem sempre acontecem no mesmo mês do início do processo de seleção.

Ainda, de acordo com os dados do Caged, o Brasil apresentou saldo positivo na geração de postos de trabalho com carteira assinada em junho, pois foram criadas 1.914.130 vagas de emprego e no mesmo período aconteceram cerca de 1.756.932 desligamentos, o que gerou um saldo de 157.198 empregos.

No acumulado do ano (janeiro/2023 a junho/2023), o saldo foi de 1.023.540 empregos, resultado de 11.908.777 admissões e 10.885.237 desligamentos.

Entre as atividades econômicas, o maior saldo foi em serviços (76.420), seguido da agropecuária (27.159), construção (20.953), do comércio (20.554), e da indústria (12.117).

Do total de empregos formais criados no país, 974.734 foram na região Sudeste.

Em Minas Gerais, 221.608 trabalhadores foram contratados em junho de 2023, no mesmo período 196.071 pessoas foram desligadas de suas funções, o que gerou um saldo de 25.537 empregos.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: