Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Bombeiros realizam vistorias em hidrantes de edificações

sáb, 30 de novembro de 2013 00:03
O Corpo de Bombeiros vem promovendo fiscalização em toda a cidade. Foto: Divulgação

O Corpo de Bombeiros vem promovendo fiscalização em toda a cidade. Foto: Divulgação

DA REDAÇÃO – O Corpo de Bombeiros do Estado de Minas Gerais, através do Comando Operacional de Bombeiros (COB) determinou a todas as frações do interior e Capital, que as vistorias em hidrantes fossem intensificadas.

Em Araguari, ao longo das últimas semanas, o 8º Pelotão de Bombeiros, orientou proprietários de edificações e síndicos de prédios, apontando alterações necessárias a fim de evitar eventuais riscos aos moradores, pedestres ou mesmo veículos.

Segundo o tenente Luiz Donizete, comandante do Pelotão, a cada dia uma equipe visita as localidades que possuem hidrantes, que foram anteriormente demarcados.  Para o aval do Corpo de Bombeiros, os equipamentos precisam estar em boas condições de uso e colocados corretamente para seu melhor funcionamento.

Nas visitas, os militares verificam desde o hidrante de recalque, instalado na calçada da edificação até o funcionamento dos hidrantes e bomba de acionamento.  O trabalho se estende durante todo o mês de dezembro.

O assunto foi um dos pontos discutidos pelo comandante durante reunião com a equipe de Meio Ambiente, nesta quinta-feira, 28. “Quando cheguei à Araguari, visitei primeiramente o Bosque John Kennedy que é um dos cartões de visita da cidade, mas percebi que no local não há hidrantes, e vamos trabalhar para resolver a situação, pois houve casos de incêndios ali,” comentou.

De acordo com a Lei

Toda edificação de uso coletivo, seja residencial, comercial, industrial etc, deve possuir o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros – AVCB. O documento comprova que o prédio possui condições seguras para abandono em caso de pânico, acesso fácil para os integrantes do Corpo de Bombeiros, além de equipamentos para combate a incêndio.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: