Sexta-feira, 17 de Maio de 2024 Fazer o Login

Blitz educativa objetiva orientar araguarinos a evitarem a mistura de álcool e direção no Carnaval

sáb, 1 de março de 2014 00:00
Por meio de parcerias, secretaria Antidrogas promove campanha de alerta a população. Foto: Gazeta do Triângulo

Por meio de parcerias, secretaria Antidrogas promove campanha de alerta a população. Foto: Gazeta do Triângulo

MEL SOARES – A prefeitura de Araguari, por meio da secretaria Antidrogas promoveu na tarde de ontem, blitz educativa, ocorrida na avenida Minas Gerais, próximo a UNIPAC.

O local foi escolhido devido ao fluxo intenso de veículos, com o intuito de conscientizar um número significativo de jovens e adultos sobre os males causados pela mistura de álcool e direção, sobretudo, a respeito dos  riscos de acidentes de trânsito nas festividades carnavalescas.

A reportagem acompanhou a abordagem aos motoristas, que contou com entrega de folhetos e brindes, mas, principalmente, da breve, mas, importante orientação sobre a atenção redobrada neste Carnaval.

Para o secretário Antidrogas, José Pacífico, que também participou ativamente da blitz, o objetivo principal desta ação é o de conscientizar e alertar a população sobre os riscos de acidentes de trânsito causados pelo uso e abuso de álcool.

As atividades de prevenção com a temática ‘Álcool e direção não se brindam’, contou com o apoio da SETTRANS (secretaria de Trânsito e Transporte), PMMG Proerd, Comad e Comunidade El Shaday; parcerias que efetivaram as atividades de prevenção entre 13 e 15h desta sexta-feira.

Fique por dentro

O álcool é a droga preferida dos brasileiros (68,7% do total), seguido pelo tabaco, maconha, cola, estimulantes, ansiolíticos, cocaína, xaropes e estimulantes. No País, 90% das internações em hospitais psiquiátricos por dependência de drogas, acontecem devido ao álcool. Conforme informações, o alcoolismo é a terceira doença que mais mata no mundo. Além disso, causa 350 doenças (físicas e psiquiátricas) e torna dependentes da droga um de cada dez usuários de álcool.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: