Terça-feira, 25 de Junho de 2024 Fazer o Login

Bandidos são surpreendidos por policiais prestes a explodirem caixa eletrônico

qua, 19 de fevereiro de 2014 01:28

Durante perseguição na madrugada, homens
chegaram a trocar tiros com a guarnição

Vários artefatos supostamente utilizados para o crime foram apreendidos. Foto: Divulgação

Vários artefatos supostamente utilizados para o crime foram apreendidos. Foto: Divulgação

DA REDAÇÃO – Uma suposta tentativa de ação criminosa culminou de maneira frustrada neste domingo, 16. O ocorrido começou nas proximidades da saída de Estrela do Sul, onde o condutor de um veículo com outras três pessoas decidiu resistir à abordagem policial.

De acordo com o 53º Batalhão de Polícia Militar, os infratores estavam prestes a deixar a cidade, quando despertaram a atenção dos policiais. Diante da atitude suspeita, a guarnição solicitou a parada do veículo, que seguiu em alta velocidade rumo à MG-223, que liga Estrela do Sul a Araguari.

Durante várias horas, uma perseguição se estendeu pela rodovia. Na ocasião, os bandidos chegaram a trocar disparos de arma de fogo com os militares, além de arremessarem objetos a fim de impedir a proximidade das viaturas.

Na altura do km 49, os suspeitos deixaram o veículo e entraram em um matagal. A busca pelos bandidos terminou apenas na tarde do dia seguinte. Após novo rastreamento, os policiais fecharam o cerco e encontraram dois dos envolvidos. Com o apoio de equipes no distrito de Dolearina, eles foram capturados prestes a entrarem em um ônibus que iria sair da região.

Com os suspeitos, foram encontrados vários artefatos que supostamente seriam utilizados para a explosão de um caixa eletrônico. Não bastasse isso, foi constatado que o veículo utilizado para crime era clonado, apresentando características similares, como placas e chassi de outro automóvel registrado em Senador Canedo, região metropolitana de Goiânia.

Posteriormente, os envolvidos acabaram presos e encaminhados à delegacia da Comarca de Araguari. Foram apreendidas uma faca, alicate tipo “corta fio” de cerca de 90 cm, um pedaço de feixe de mola de caminhão de quase um metro e máscaras, além de R$ 262,00 em dinheiro e celulares. A situação dos demais autores não foi informada até o fechamento desta edição.

1 Comentário

  1. José Luiz disse:

    Se as leis no Brasil funcionassem nunca mais esses caras sairiam da cadeia

Deixe seu comentário: