Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Araguari apresenta saldo negativo na geração de empregos em agosto, segundo Caged

sex, 20 de outubro de 2023 08:05

Da Redação

O Brasil apresentou saldo positivo na geração de postos de trabalho com carteira assinada em agosto
Divulgação

Recentemente, o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) apresentou o balanço relativo ao mês de agosto deste ano, os dados apontam que a economia em Araguari teve fechamento negativo referente ao mercado de trabalho, pois no município foram criadas 1.419 vagas de emprego e no mesmo período aconteceram cerca de 1.437 desligamentos, o que gerou um saldo negativo de 18 empregos.

O setor de serviços foi o que apresentou o melhor resultado, sendo 616 admissões e 478 desligamentos, o que gerou um saldo de 138 empregos formais.

No setor da agropecuária, houveram 87 admissões e 261 desligamentos, o que gerou um saldo negativo de 174 empregos.

No setor da indústria, aconteceram 310 admissões e 229 desligamentos, o que resultou um saldo de 81 empregos.

Na construção, 110 cidadãos foram admitidos, 134 pessoas foram desligadas, gerando um saldo negativo de 24 empregos formais.

No comércio foram 296 admissões, 335 desligamentos, o que gerou um saldo negativo de 39 empregos.

Ainda, de acordo com os dados do Caged, o Brasil apresentou saldo positivo na geração de postos de trabalho com carteira assinada em agosto, pois foram criadas 2.099.211 vagas de emprego e no mesmo período aconteceram cerca de 1.878.367 desligamentos, o que gerou um saldo de 220.844 empregos.

O setor de serviços foi o maior gerador de empregos em agosto, alcançado 114.439 postos no mês. Em seguida, aparece o setor do comércio, com 41.843 empregos criados em agosto. A indústria gerou 31.086 vagas; a construção, 28.359; e a agropecuária, 5.126.

Entre os estados, o destaque é para São Paulo, que teve o melhor desempenho, gerando 65.462 postos no mês, seguido do Rio de Janeiro (18.992) e Pernambuco (15.566). Os menores saldos foram verificados no Espírito Santos (315), no Acre (448) e em Roraima (689).

Do total de empregos formais criados no Brasil, 1.056.266 foram na região Sudeste.

Em Minas Gerais, 233.002 trabalhadores foram contratados em agosto de 2023, no mesmo período 217.765 pessoas foram desligadas de suas funções, o que gerou um saldo de 15.237 empregos.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: