Domingo, 19 de Maio de 2024 Fazer o Login

Após tentar matar cunhado, servente confessa envolvimento em assalto

ter, 19 de novembro de 2013 14:40

DA REDAÇÃO – Numa tacada só, policiais militares de Araguari esclareceram duas ocorrências, uma de homicídio tentado e outra de assalto, isso porque os protagonistas eram os mesmos nos dois casos.

Wellington Santos da Silva, servente de pedreiro, de 18 anos, foi levado à Delegacia da Comarca por tentar matar seu cunhado Tiago Costa (21 anos), domingo à noite, na avenida Paraná, bairro Goiás. Na ocasião, ele teria afirmado que participou de um roubo, quarta-feira passada, na mesma região, junto com Tiago, que é amasiado de sua irmã.

A vítima levou golpes de faca no abdômen e costas, precisando passar por procedimentos especiais na Santa Casa de Misericórdia, correndo risco de morte. O Boletim de Ocorrência informou que os militares chegaram à residência e encontraram Tiago sangrando e apenas de cueca. A motivação do crime seria uma discussão familiar. Wellington ainda teria afirmado que voltaria para se vingar de todos, justificando que prisão não é eterna.

Diante das informações obtidas durante o BO de homicídio tentado, os policiais foram até a casa do envolvido e apreenderam cigarros e um canivete roubados. Ele foi preso e levado para a Delegacia juntamente com os materiais.

Conforme os PMs, o próprio Wellington teria apontado suas passagens por tentativa de homicídio no estado de Goiás e no Distrito Federal, por roubo na relojoaria de um shopping.

O ROUBO

Na quarta-feira, pouco depois das 22h, a Polícia Militar foi acionada em um bar, na avenida Coronel Belchior de Godoy. O proprietário, de 68 anos, foi atacado por dois homens, um claro e outro moreno, ambos usando calça jeans e tênis, características que batem com as de Tiago e Wellington.

Segundo informações repassadas aos policiais, os autores consumiram cervejas e se comportavam normalmente como clientes. Depois de alguns minutos, convidaram o comerciante para uma partida de sinuca. Assim que este se descuidou, foi agredido por um dos marginais com um taco na região da cabeça.

Ainda de acordo com os policiais, a vítima desmaiou e os autores roubaram 800 reais em dinheiro, que estavam no bolso da camisa, moedas do caixa e um canivete.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: