Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Após derrota, comércio retira verde amarelo das vitrines

qui, 10 de julho de 2014 00:27
Produtos nas prateleiras são observados com tristeza pelos araguarinos
Alguns comerciantes optaram pela promoção no intuito de conseguir vender as camisetas. Foto: Gazeta do Triângulo

Alguns comerciantes optaram pela promoção no intuito de conseguir vender as camisetas. Foto: Gazeta do Triângulo

DA REDAÇÃO – Depois da goleada da Alemanha contra o Brasil, não se via a empolgação dos araguarinos pelo centro da cidade. Na tarde desta quarta-feira, 9, por onde a reportagem passava, o que se ouvia eram lamentações, e principalmente a frase ‘eu ainda não estou acreditando’.

Grande parte do comércio que estampava nas vitrines das lojas o verde e amarelo, preferiu recolher os produtos. Vários estabelecimentos populares optaram pela promoção, e as camisas que até no dia da semifinal eram vendidas por R$ 19, 90 caíram para R$ 9, 90.

Nas lojas especializadas em esporte, os preços das camisas oficiais da seleção que eram de R$ 299, foram reduzidos para R$ 199. Numa delas, o boné da CBF com preço de R$ 69 podia ser comprado por R$ 39. “A partir de hoje, a procura está restrita aos times da Alemanha e Holanda. Apenas hoje, dez pessoas compraram o uniforme destas seleções”, ressaltou um dos comerciantes.

Apesar deste cenário, a maioria dos empresários disse que no decorrer da Copa do Mundo era possível notar a baixa nas vendas, e, por isso, os pedidos aos fornecedores foram escassos.

“No primeiro jogo, o nosso estoque era de 400 peças, e todas elas foram vendidas em poucos dias. Da última vez o nosso pedido caiu para 200 camisetas. 80 delas estão embaladas, no intuito de aproveitar para os jogos da Copa América”, finalizou um dos empresários.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: